quarta-feira, 15 de junho de 2016

Facilite o recebimento de suas vendas realizadas via cartão de crédito com um sistema 100% online


A crise econômica tem mudado a rotina da sua empresa e levado muitas pessoas a pagarem no cartão de crédito? O desconforto é receber esse dinheiro apenas 30 dias depois, não? Saiba que é possível receber antes! 

Empreendedor, uma pergunta: “Como anda o seu negócio?”. Imaginamos que tem caminhado bem, porém, pode melhorar. Concorda?

Como a crise econômica tem afetado todos os segmentos da economia, sabemos que boa parte dos seus recebimentos tem sido pagos via cartão de crédito. E, vemos que muitas vezes, o “desconforto” não está apenas em contratar um serviço de recebimentos online, mas também em receber esse dinheiro do crédito apenas 30 dias depois, não?

Saiba que é possível receber esse valor em menos tempo e até de forma imediata (desde que a sua empresa seja aprovada em uma análise cadastral). Mas, de que forma? A Gerencianet disponiliza o Serviço de Recebimentos Online de Assinaturas.

Eficiente e totalmente digital, essa solução é indicada para empresas ou prestadores de serviços, pessoa Física ou Jurídica, que realizam vendas parceladas ou recebem pagamentos recorrentes no cartão de crédito. Nela, a cobrança é realizada diretamente no cartão do seu cliente, de acordo com a configuração de recorrência realizada por você.

Conheça todos os detalhes do passo a passo nas ilustrações publicadas em https://gerencianet.com.br/solucoes/assinaturas


Sobre a Gerencianet
Especialistas em desenvolver soluções de pagamento e cobrança pela web com foco no atendimento especializado e tarifas competitivas, ela apresenta soluções seguras para seus mais de 50 mil usuários como serviços de pagamento online, cobrança e gestão de clientes. No ano de 2014 já ultrapassou 160 milhões de transações, comprovando assim o avanço do comércio eletrônico no País e a necessidade de investimento em dispositivos e sistemas de segurança.

Raul Campos
(11) 4113-1790
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores