quarta-feira, 8 de junho de 2016

Quase 1000 pessoas passaram por atendimento oftalmológico no primeiro dia da ação em Óbidos


A meta estipulada pela B’nai Shalom Mashiach (BSM) Saúde é de 2.500 atendimentos até o próximo dia 10 de junho.

Após uma ampla divulgação a ONG Judaica B’nai Shalom Mashiach (BSM) Saúde iniciou na manhã de ontem, segunda-feira,6 de junho, os atendimentos alusivos a “Semana da Saúde Visual” uma ação de saúde realizada em parceria com a Prefeitura Municipal de Óbidos (PMO) por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA). A ação iniciou por volta das 8h, no Cliper de Santa Terezinha com a distribuição de senhas e em seguida as pessoas eram encaminhadas ao auditório da Escola Inglês de Souza para participar de uma palestra para então seguir para a triagem do atendimento oftalmológico, que é realizado na Unidade Básica de Saúde Jofre de Matos Cohen.

Ação visa realizar atendimentos em consultas e exames oftalmológicos gratuitos a pessoas com idade a partir de 6 anos que tenham suspeita de qualquer problema ligado a visão. A coordenadora da ação, Dra Katiane Melo, falou sobre a importância a população participar da campanha e sobre os horários de entregas das senhas de atendimentos. “A gente começou a Semana da Saúde Visual e já se observou esse sucesso. A população compareceu todos muito pacientes aguardando a sua vez e isso é muito legal e faz com que a gente consiga atender um numero muito maior de pessoas. É frisar que não é necessário ninguém chegar pela madrugada. Nós entregamos as senhas em dois horários sendo 7h da manhã e a tarde às 13h e o interessante é não chegar pela madrugada, nós temos capacidade para atender 4000 pessoas”, explicou Katiane Melo, coordenadora da ação.

O secretário de Saúde de Óbidos, Bruno Ricardo Rocha também falou sobre as questões de segurança e de atendimento. “Nós temos uma preocupação com a segurança então nós conversamos com as policias Militar e Civil e os comunicamos que pessoas estariam desde as 6h da manhã, apesar de termos informado que não há necessidade de ninguém chegar neste horário, até para segurança da sua família. Durante essa semana vamos atender dentro dessa perspectiva entre 500 a 1000 pessoas e convidamos toda a população de Óbidos a comparecer a este check up geral da visão que está sendo oferecido durante toda essa semana e frisamos, não é necessário ninguém vir de um dia para o outro. Não precisa madrugar em filas. Venha antes das 7h ou das 13h e tenha a certeza que você será atendido com toda a humanização”, disse o secretário.

O médico oftalmologista David Ayslan explicou como ocorrem os atendimentos desde a recepção das pessoas que buscam o atendimento até a conclusão dos exames que devem ser realizados na próxima semana.  “Na primeira semana a gente realiza toda a parte de palestra e triagem e eles serão avaliados para fazer os exames clínicos que já começa nesta semana. E a partir da refração toda a parte de exames de fundo de olho, tonometria, retinografia, greens refrativo serão realizados seguindo o agendamento. Todos os pacientes que forem necessários os medicamentos para glaucoma será fornecido gratuitamente também”, enfatizou o médico.

No Pará a ONG já atendeu em mais de 60 cidades e após a realização da ação em Óbidos a ação será realizada em Juruti. Entre as pessoas atendidas no primeiro dia da ação está a dona de casa de 57 anos Doralice Gomes Ferreira. Dona Doralice soube da ação por meio da rádio e também dos telejornais locais e aproveitou a oportunidade para buscar atendimento para ela e para sua família.  “Pra mim é um privilégio muito grande e que a gente não esperou e que chegou. Nós ficamos muito felizes e agradecemos a Deus por essa benção, pra mim é uma benção em meio às dificuldades que são muito grande Deus providenciou que tivesse esse atendimento e eu vim buscar o atendimento pra mim, pra minha filha, pro meu neto e todo o povo veio também”, falou entre sorrisos a dona de casa.

O local da ação é o bairro de Santa Terezinha e para que tudo ocorra dentro da maior normalidade a participação de vários parceiros, uma verdadeira força tarefa, foi montada. Tudo para garantir um atendimento humanizado a população. “Para a ação foi realizado todo um trabalho de logística deste o local que iria abrigar as pessoas do sol e da chuva, onde seriam as palestras e os atendimentos. Tivemos todo o cuidado em pensar em um local amplo, e também com as questões de segurança e para isso contamos com o apoio das instituições de segurança e também do DEMUTRAN que fez a interdição das vias”, finalizou o prefeito de Óbidos Mario Henrique de Souza Guerreiro que agradeceu o envolvimento de todos que participaram direta e indiretamente da ação.

Até as 17h da próxima sexta-feira, 10 de junho, serão realizados os atendimentos de triagem da ação que na próxima semana deverá realizar apenas o retorno dos atendimentos dos pacientes atendidos no período de 6 a 10 de junho. A meta da ação em Óbidos é atender 2.500 pessoas com idade a partir de 6 anos e que necessitem de atendimento oftalmológico. A ação é uma realização da Organização Não Governamental Judaica B'Nai Shalom Mashiach, a BSM Saúde, em parceria com a Prefeitura de Óbidos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA). 

Fonte: PMO
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores