sexta-feira, 3 de junho de 2016

Ministro Joaquim Barbosa abre o segundo dia da 20ª CNLE


O segundo dia da 20ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE) iniciou com a palestra do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, com o tema "Desenvolvimento e Segurança Jurídica".

A CNLE é realizada, todos os anos, pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) e, em 2016, traz o tema “Rediscutindo o Brasil”. Mais de 1.500 participantes, entre deputados, assessores legislativos, entidades nacionais e internacionais participam do evento no campus da Universidade Tiradentes (Unit), em Aracaju, Sergipe. O Pará trouxe uma comitiva com mais de 20 deputados, liderados pelo presidente da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), deputado Márcio Miranda, e pela vice-Presidente da Unale, deputada Ana Cunha.

Antes da palestra do Ministro Joaquim Barbosa, a Orquestra Sinfônica de Itabaiana fez uma apresentação para os participantes que lotaram o auditório montado exclusivamente para a realização do evento.

O ponto central da exposição do Ministro emérito foi a importância de um Estado estável. Para Joaquim Barbosa, não há nenhum país desenvolvido sem um conjunto de instituições fortes e inabaláveis. "Nós, brasileiros, temos que lutar com muita garra para que o nosso país não trilhe pelo retrocesso", disse Joaquim Barbosa.

O Ministro disse ainda que, apesar dos problemas nacionais, principalmente a desigualdade social e distribuição de renda, o Brasil vinha sendo considerado uma das maiores democracias do mundo e, para ele, hoje, quem observa o país do lado de fora enxerga os acontecimentos políticos recentes com perplexidade. "Como podemos explicar ao mundo o que vem passando o nosso país com a estampa de normalidade na troca de comando? Há dois anos, ninguém poderia prever que o nosso sistema político iria trincar", expressou Barbosa.

Muito aplaudido, o Ministro emérito Joaquim Barbosa recebeu - das mãos da deputada paraense, Ana Cunha - o certificado de participação na conferência que marca os 20 anos da Unale.

MODERNIZAÇÃO - Ainda pela manhã,  o doutor em Filosofia e Mestre em Ciências Políticas, Fernando Schouler, comandou o painel "Os desafios da modernização na gestão pública", mediado por Bruno Quick, gerente da Unidade de Políticas públicas do Sebrae Nacional e responsável técnico pela avaliação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas.

A tarde, a programação segue debatendo perspectivas políticas e econômicas. A 20ª CNLE segue até esta sexta-feira (03/06), com vasta programação com temas incorporados às agendas regionais e nacionais. 



*Andreza Batalha e PC Carvalho cobrem, como enviados especiais da AID/Alepa, em Aracaju, a 20ª CNLE.

Fonte: Assembléia Legislativa
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores