quinta-feira, 14 de julho de 2016

Storyo lança templates para Rio de Janeiro e São Paulo


O aplicativo, gratuito, passa a oferecer templates e filtros personalizados para quem registrar pontos turísticos nas duas grandes cidades brasileiras e contar as suas histórias de viagem

Já pensou visitar pontos turísticos do Rio de Janeiro e de São Paulo e reunir todas as suas fotos em um único vídeo? Além disso, produzir um vídeo personalizado com ícones, músicas e filtros específicos das duas grandes cidades brasileiras? O Storyo, aplicativo lançado no Brasil recentemente e que é uma máquina de contar histórias – é a solução mais fácil e gratuita para organizar as memórias em filmes curtos.

Nesta semana, o aplicativo será disponibilizado com esta grande novidade. A estimativa é que mais de 10 milhões de usuários, entre moradores e turistas, utilizem o Storyo com as especificidades do Rio de janeiro e São Paulo. É uma ótima oportunidade, por exemplo, para os cariocas e paulistanos que registram o seu dia a dia e para os turistas que visitam ou estarão na Cidade Maravilhosa para os Jogos Olímpicos. Os novos templates foram produzidos especialmente para que o usuário faça o seu Storyo e personalize cada vez mais o seu vídeo.

Baseado em técnicas de data mining e computer vision, o Storyo age de forma automática sempre que identifica padrões de atividade e regularidade na timeline e sugere novas histórias, que podem ser armazenadas ou não. Mas o usuário também pode selecionar um conjunto de imagens na galeria do celular. O resultado – em qualquer um dos casos – é um vídeo com layout atrativo, animado por música, e com informações como data e localização.

O Storyo foi lançado em Portugal em 2014 e já conquistou usuários em 170 países de forma orgânica, sem nenhuma divulgação, graças apenas à experiência que proporciona. Mais de 500 mil histórias, a partir de 8 milhões de fotografias, já foram criadas graças aos recursos que oferece.

Disponível para Android e IOS (www.storyoapp.com/go), o usuário tem apenas que selecionar o período de tempo na galeria de fotos do seu smartphone. Depois, por meio de um algoritmo patenteado nos Estados Unidos, o aplicativo organiza as fotografias como capítulos de uma história e selecciona as melhores imagens utilizando critérios como foco, iluminação e reconhecimento facial. O resultado são vídeos únicos de 15, 30 ou 60 segundos, que podem ganhar diferentes layouts e trilhas sonoras, para serem guardados ou compartilhados nas redes sociais.

Fonte: Marcelo Nogueira, André Oliveira
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores