quarta-feira, 20 de julho de 2016

Audibel celebra Dia do Amigo com seus pacientes


Nesta quarta-feira (20) celebra-se, principalmente no Brasil, Uruguai e Argentina, o Dia do Amigo. Durante o século XXI, foram criadas várias iniciativas para a celebração de um Dia da Amizade em distintas partes do mundo e até hoje esse tipo de celebração ocorre, inclusive dentro das empresas. Para celebrar a data, a Audibel Aparelhos Auditivos - Belém reuniu antigos e novos clientes durante todo o dia, no centro auditivo, no bairro do Umarizal. Na ocasião foram oferecidas vantagens ao Amigo Audibel e também às pessoas interessadas em se tornar um.
Os pacientes foram recepcionados com brindes, coffe, avaliação auditiva e novidades das mais modernas linhas de aparelhos auditivos. O aposentado Aarão Bittencort Filho (72), usuário de aparelho desde 2013, aproveitou a oportunidade para testar uma nova tecnologia.
Ele contou com uma vantagem oferecida pelo Banco do Brasil: o Crédito de Acessibilidade, por meio do qual é possível financiar com juros subsidiados mais de 250 tipos de produtos de tecnologia assistiva como aparelhos auditivos, cadeiras de rodas, impressoras em Braille, andadores, mobiliário acessível, adaptações de veículos, entre outros.
Aarão é cliente Audibel há três anos e, quando percebeu os benefícios de um aparelho auditivo para a sua vida, passou a recomendar aos amigos. Hoje, para ele, aparelho auditivo é sinônimo de mudança de vida. “Eu demorei muito para procurar um médico e um centro auditivo porque eu não aceitava que tinha um problema de audição. Se eu soubesse, tinha buscado auxilio de profissionais bem antes. Infelizmente eu deixei de ouvir muitas coisas”, diz.
O aposentado enfrentou, inclusive, um problema sério durante a renovação da sua habilitação no Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran). Segundo ele, quase teve sua categoria D rebaixada por causa do problema auditivo apresentado na época. Foi nesse período que ele procurou um médico e, em seguida, a Audibel, onde adquiriu um aparelho auditivo e voltou a ouvir perfeitamente. Agora ele está habilitado a dirigir, contanto que esteja usando seu aparelho. “Os exames estão cada vez mais criteriosos no Detran e, se eu não tivesse meu aparelho, estaria sem a minha permissão apara dirigir. É bom mesmo que haja esse tipo de exigência, pois isso ajuda a diminuir as infrações no trânsito”, avalia.
Segundo o sócio diretor da Audibel Belém, Paulo Morais, a perda auditiva pode ter várias causas e pode impactar de maneira diferente em cada indivíduo de acordo com o estilo de vida e ocupação, e a Audibel tem um grande portfólio de aparelhos auditivos que se adaptam a todas os tipos de necessidades. “Nós procuramos oferecer a melhor opção ao paciente, ou seja, o aparelho que mais se adapta à sua necessidade”, diz ele. 


Jornalista (DRT 2387-Pa)www.luizjornalismo.com.br
Fan page: www.facebook.com/luizjornal
Twitter/Instagram: @luizjornal
Telefone: +55 (91) 81983032 (WhatsApp)


Diretoria editorial Portal/Aplicativo Janela Urbana
www.janelaurbana.com.br
Sede - Belém-Pa. Rua dos Pariquis, entre 14 de Março e Alc. Cacela. Ed. Village Center, 2999, Salas 607-609


 Ao imprimir qualquer documento, lembre da sua responsabilidade com o meio ambiente!

"Buscai primeiro o reino de Deus e sua justiça e tudo mais vos será acrescentado" (Mt. 6. 33).
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores