quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Instituto Nacional de Informática utiliza roteadores da Série MX para construir sua rede acadêmica SINET5


Instituto líder em pesquisas acadêmicas implementa infraestrutura de rede Full-Mesh com os roteadores MX em seu núcleo e conecta mais de 50 centros no Japão e outros países a 100 Gbps

Juniper Networks, líder da indústria em redes automatizadas, escaláveis e seguras, anunciou que o Instituto Nacional de Informática (National Institute of Informatics/NII) usou roteadores da Série MX 3D Universal Edge da Juniper Networks® na SINET5, rede de informação acadêmica construída para atender as necessidades cada vez mais complexas e variadas das universidades e institutos de pesquisa do Japão. Ao implantar os roteadores da Série MX 3D, incluindo o MX2010 para grandes centros e o MX240 para centros menores, o NII construiu uma rede full-mesh que conecta mais de 50 data centers dentro e fora do país. A rede iniciou suas operações em abril de 2016.

A SINET é uma rede de pesquisas acadêmicas, usada por cerca de 850 universidades e institutos de pesquisa no Japão, com hubs de conexão em todo o país. A rede também provê conectividade para projetos internacionais de pesquisa, em conjunto com redes acadêmicas nos Estados Unidos, União Europeia e Ásia. Para acompanhar redes de pesquisa na Europa e nos EUA, onde a conectividade a 100 Gbps é muito difundida, o NII precisou fazer um upgrade de sua rede para a SINET5, a fim de obter menores delays nas transmissões e administrar com eficiência maiores volumes de tráfego.

A rede anterior, SINET4, usava uma topologia em árvore, na qual os nós centrais (roteadores) estavam instalados em oito grandes cidades pelo Japão, com nós ramos-para-a-borda (switches) em cada região. Conforme o tráfego de dados crescia, ao longo dos anos, esta arquitetura começou a apresentar problemas como delay nas transmissões e a alta carga de trabalho necessária para administrar todos os switches.

A fim de resolver esses problemas, o requisito para a nova rede SINET5 era o provimento de conexão 100 Gbps full-mesh a mais de 50 centros e a eliminação de “saltos”  para reduzir os delays. A rede também precisava suportar uma variedade de interfaces, de 1 Gbps a 100 Gbps, para atender a um leque diversificado de usuários. Além disso, para atender aos requisitos dos data centers da rede, havia o desejo de usar uma linha de roteadores com eficiência energética e com modelos que suportassem várias escalas usando a mesma arquitetura. Depois de considerar esses requisitos, o NII escolheu os roteadores da Série MX da Juniper.

Na SINET5, a ênfase não é colocada apenas no hardware, mas também no software e no sistema operacional da rede. Usando os sistemas lógicos embutidos nos roteadores da Série MX múltiplos roteadores virtuais para vários tipos de VPN podem ser configurados em apenas um roteador físico e podem-se criar roteadores, bridges e switches virtuais dentro do roteador, para entregar serviços de diversos tipos.

Crescimento futuro
Conforme os projetos de pesquisa e desenvolvimento que usam a SINET se tornam cada vez mais robustos, a rede precisará acomodar, por meio de integração, uma maior variedade de usuários, e também haverá a necessidade de serviços de rede com maior funcionalidade e valor agregado.

A   Série MX 3D incorpora a agilidade para prover o NII com alternativas potentes de escalabilidade quando a demanda for por capacidades ainda maiores - como o suporte INET a densidades 100GbE ou interfaces ainda mais rápidas que venham a surgir e a habilidade de atualizar e ampliar facilmente a rede, usando cartões 400GbE-ready. Isso é especialmente crucial porque as tecnologias de rede avançam todos os dias, com interfaces de alta velocidade como 100Gbps se tornando cada vez mais comuns. “Começamos a trabalhar com engenheiros da Juniper Networks pensando em como dar a rede escala para oferecer novas funções e novos serviços. Olhando para o futuro, decidimos buscar uma maneira de permitir que a SINET cresça de forma flexível, para podermos continuar a construir a infraestrutura de informação acadêmica que conduz a pesquisa e educação de ponta no Japão”, explica Professor Hiroshi Yamada, Research and Development Center for Academic Networks at NII "Com base em nosso sucesso na SINET4, estamos muito satisfeitos em oferecer ao NII, mais uma vez, a infraestrutura inovadora da rede SINET5. Consistente com nosso forte histórico no setor da educação, queremos continuar oferecendo a melhor tecnologia de rede existente para redes acadêmicas no Japão e além”, diz Tomohiro Furuya, country manager, Japan, Juniper Networks.

Sobre a Juniper Networks
A Juniper Networks desafia o status quo com produtos, soluções e serviços que transformam a economia das redes. Nossa equipe realiza, com clientes e parceiros, inovações para entregar redes automatizadas, escaláveis e seguras, com agilidade, desempenho e valor. Informações adicionais estão disponíveis no Juniper Networks (www.juniper.net) ou acesse o blog da Juniper em português (www.junipernetworks.com.br). 


Fonte: Melissa Castro - 4R - Marketing For Results
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores