domingo, 30 de julho de 2017

Por Que a Mulher Goza Primeiro Pela Mente?



Gozar pela mente? Você provavelmente nunca ouviu essa expressão, mas já vivenciou algo parecido. Toda mulher goza primeiro pela mente ou às vezes só pela mente. Enquanto os homens são mais físicos, a mulher pode ser tanto física, sensorial, quanto ter uma imaginação fértil que pode levá-la a um mundo particular que ela cria em sua cabeça, cheio de fantasias, fetiches e safadezas que podem sim levar ao orgasmo.

Essas imaginações e cenas fantasiosas contribuem para que a mulher chegue lá com mais tranquilidade e satisfação. Algumas mulheres podem gozar pela imaginação sem precisar estabelecer nenhum contato físico. Não são poucos os relatos de mulheres que se satisfazem apenas pela imaginação sem sexo e sem masturbação, apenas utilizando o poder da mente. Muitos homens realmente questionam por que não conseguem essa proeza, pois acreditam ser uma dádiva e uma técnica quase ninja, mas na verdade, para as mulheres é muito fácil e exige basicamente concentração.

Entendendo o orgasmo feminino

O orgasmo feminino é um mistério para muitas pessoas, principalmente homens e cientistas. Há algum tempo procura-se saber como e por que a mulher goza. Se é uma reação natural do corpo através da penetração, se é um estímulo em outras partes do corpo e zonas erógenas ou se acontece tudo na mente. Será? Pesquisadores ficam intrigados com a afirmação de algumas mulheres de que o orgasmo pode ser atingido apenas com a imaginação, sem contato físico algum.

Algumas pesquisas já foram feitas na área, em que colocaram sensores no cérebro da mulher para entender o que se passa em sua cabeça no momento da transa e também naquelas que apenas imaginam cenas durante o orgasmo.

Constatou-se que o orgasmo em ambas as mulheres é exatamente o mesmo. As mulheres gostam de antecipar o prazer e, até mesmo por isso, as preliminares são tão importantes para elas. Quanto mais prolongado e lento for o prazer, melhor. Assim como as preliminares são um deleite para as mulheres, o orgasmo mental também é.

No que pensar?

A mulher goza primeiro pela mente, pois costuma pensar em diferentes coisas que a estimulam sexualmente. Na verdade, isso é muito subjetivo e apenas cada uma saberá o que mais lhe dá prazer. Algumas mulheres relatam imaginar cenas eróticas, outras cenas sexuais abstratas e algumas até mesmo cenas românticas, como um homem sussurrando em seu ouvido, um banho a dois, enfim, podem ser coisas completamente diferentes para cada mulher. Cada uma deve se conhecer bem para saber o que a excita e estimula para poder chegar lá antecipadamente, contribuindo para o orgasmo real através do sexo.

Sabendo quais são seus maiores fetiches, você pode atingir esse grau de satisfação própria através do estímulo cerebral. Algumas mulheres vão mais fundo, enquanto algumas pensam em vibrações que tomam conta do seu corpo, em uma forma mais abstrata e sensorial de estimulação, outras podem encarnar um personagem como se fossem prostitutas, uma pessoa famosa, imaginar um sexo a três ou qualquer outra coisa que mexa com a cabeça dela.

Deslocar-se para um outro lugar também é bastante comum, assim algumas mulheres podem se imaginar em um lugar em que sempre quiseram transar, se transportar para esse local no mundo da imaginação e se sentir bastante realizada como se estivesse lá, de fato. Não necessariamente uma mulher goza pensando em outro homem, se ela se sentir atraída e desejada pelo parceiro apenas outros aspectos podem deixá-la mais excitada.

Menos é mais

Claro que algumas mulheres podem pensar mil e uma coisas, mas as experientes no assunto garantem que menos é mais. Algumas relatam que se lembrar de um sexo muito bom que já tiveram com o parceiro pode ser o básico e essencial para gozar. Mentalizar e lembrar os detalhes, cheiros, sussurros, suspiros, gemidos, toques pode ser muito forte para algumas mulheres, principalmente as mais sensitivas.

Assim, ao lembrar desses momentos, parece que elas são transportadas novamente para aquele dia e podem sentir tudo mais uma vez.

Os homens não conseguem atingir esse nível de concentração como as mulheres, geralmente eles lembram da penetração ou qualquer imagem pornô que tenham visto para ajudar na masturbação. Já a mulher pode se satisfazer sexualmente revivendo com intensidade cenas do passado. A mulher só precisa estar bastante relaxada e concentrada no que quer, no caso, atingir o orgasmo.

Por isso dizem que a mulher goza pela mente, pois elas simplesmente não conseguem chegar lá apenas com estímulos físicos. Essa técnica é ideal, pois faz a mulher se descobrir e se sentir no controle da sua sexualidade.

Bloqueio pode atrapalhar

Até mesmo por essa questão do imagético, a mulher pode ter alguns bloqueios na sua vida sexual. Por ter o lado emotivo, sensorial e da imaginação mais aflorado, mulheres que sofreram abuso sexual em alguma fase de suas vidas geralmente têm muita dificuldade em estabelecer uma vida sexual normal e ativa.

Associar qualquer transa com o ocorrido é bastante natural e às vezes incontrolável, fazendo com que elas não consigam pensar em outra coisa. Tentar se envolver sexualmente com um homem ou apenas pensar em sexo pode ser muito doloroso para essas mulheres que, mesmo após anos de tratamento psicológico, podem não se curar totalmente do trauma.

Algumas mulheres podem desenvolver repúdio e asco ao sexo, o que é ainda mais difícil de reverter. Além disso, se a mulher se sentir distraída, preocupada com alguma questão, também pode atrapalhar bastante, mesmo sendo um fator momentâneo. Quando a mulher não está 100% no clima e na vibe para o sexo, com a cabeça em outro lugar, provavelmente ela não chegará ao orgasmo nem sozinha, nem com a presença do parceiro, por isso até que muitas preferem nem transar quando se sentem assim.

Benefícios do orgasmo

Se todos pudessem atingir esse nível de orgasmo através da imaginação seria ideal, pois o sexo com orgasmo melhora o fluxo sanguíneo, reduz a sensibilidade à dor, sendo uma anestesia natural para o corpo, reduz o estresse, melhora o funcionamento do cérebro, promove mais alegria e bem estar, sendo um potente antidepressivo natural.

A mulher goza durante muito mais tempo do que o homem, talvez isso seja explicado devido ao uso da imaginação que pode ser prolongado antes, durante e até mesmo após o orgasmo. O êxtase proporcionado quando a mulher goza tem muito a ver com o que ela pensa sobre si mesma, sobre seu próprio corpo e a confiança que deposita em seu parceiro.

Quanto mais segura de si e a vontade ela estiver, mais intenso e natural (menos forçado) será o orgasmo através da imaginação. Conhecer si mesmo e seu parceiro é o primeiro passo para atingir esse nível de satisfação que é uma espécie de transe sexual. Muitos homens podem se assustar com essas pesquisas, imaginando que não possuem mais o seu papel de macho alfa na sociedade e que as mulheres se satisfazem plenamente sem eles, mas não é verdade, essa técnica é apenas uma forma de tornar o sexo ainda mais prazeroso para o casal e não tem o intuito de substituir um parceiro real.



Fonte: Irresistível
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores