quinta-feira, 27 de julho de 2017

Mototaxistas credenciados cobram fiscalização da atividade à Prefeitura de Santarém


Segurança dos usuários e gastos que a categoria tem são os principais motivos para a cobrança. Representantes da classe e da prefeitura se reuniram para discutir o assunto.

Dezenas de mototaxistas legalizados se reuniram na manhã desta quarta-feira (26) em frente à Prefeitura de Santarém, no oeste do Pará, para cobrar rigor na fiscalização da atividade realizada clandestinamente. Segundo os mototaxistas, a manifestação é pacífica.

A reunião encerrou no início da tarde desta quarta-feira (26), onde o secretário municipal de Mobilidade e Trânsito, Paulo de Jesus informou que a fiscalização está acontecendo. “As blitze estão acontecendo em pontos estratégicos, mas mesmo assim, estamos discutindo o aumento da quantidade de agentes para o trabalho ser mais intensivo”, explico u o secretário.

Por outro lado, o presidente do Sindicato de Condutores Autonômos dos Mototaxistas em Santarém, Manuel Junior disse que a problemática é preocupante. “Mesmo com muitas pessoas desempregadas, isso não dá o direito de órgãos responsáveis pela fiscalização relaxarem em relação à segurança. Já tivemos exemplos de mortes envolvendo mototaxistas clandestinos há poucos dias”, informou o presidente.

O mototaxista Hugo Emanoel está há 10 anos no ramo, disse que sem fiscalização há uma concorrência desleal. “Nós pagamos taxas, temos capacitação, precisamos cumprir critérios que a prefeitura exige, além disso, temos gastos como a padronização da moto. A cobrança maior acaba sendo em cima da gente que é legalizado”, observou.

Uma proposta para abertura de vagas de auxiliares será discutida nos próximos dias, mas a categoria afirma que se não houver fiscalização, o problema continuará. E na próxima semana será realizada uma reunião de avaliação.


A lei
O serviço de mototáxi em Santarém passou a ser regulamentado por meio da lei municipal 19.911/2015, que foi sancionada pelo prefeito Alexandre Von em 14 de dezembro de 2015. Além de regulamentar o serviço, ela estabelece normas gerais e específicas para a execução da atividade de mototaxista.

Fonte: SANTARÉM
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores