domingo, 3 de julho de 2016

Hydro tem a melhor empresa de mineração do Brasil


A Hydro Paragominas, mina de bauxita da Hydro no estado do Pará, é a melhor empresa de mineração do Brasil, segundo a revista EXAME, na edição Melhores e Maiores 2016, que chega às bancas esta semana.

Pela primeira vez a companhia é apontada com a melhor do setor de Mineração na publicação, que traz o perfil das 500 maiores empresas do país. Localizada no município de Paragominas, no nordeste do Pará, a mina de bauxita desempenha um papel fundamental na cadeia produtiva integrada que a Hydro, companhia global de alumínio, mantém no Estado.
Para chegar ao ranking, a revista realizou um estudo minucioso e análise de 3.000 balanços de empresas e 80.000 indicadores financeiros. O trabalho foi feito em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras – FIPECAFI, da Universidade de São Paulo. Para o diretor de Operações da Área de Bauxita e Alumina, Silvio Porto, a premiação reflete o investimento da Hydro na excelência operacional, presente desde o início da cadeia produtiva, onde está a lavra do minério. “Ter a melhor empresa de mineração do Brasil mostra que a Hydro aposta no Pará e aposta no alumínio como o metal do futuro”, afirma Porto.

A cerimônia de premiação de Melhores e Maiores 2016 foi realizada no dia 29 de junho, no Teatro Santander, em São Paulo (SP). Na ocasião, a revista premiou as empresas que melhor se destacaram em 20 setores da economia em 2015, além da melhor em agronegócios e da Empresa do Ano, que teve a Telefônica como escolhida. As vencedoras foram as companhias que apresentaram maior eficiência e melhor estratégia em tempos difíceis e incertos da economia. “Nesta premiação vemos exemplos de que há empresas, profissionais e consumidores trabalhando e procurando soluções para fazer com que a economia e o país continuem funcionando e consigam superar esta crise”, disse em seu discurso Henrique Meirelles, ministro da Fazenda aos executivos presentes à cerimônia.

Para superar os desafios do mercado, a Hydro Paragominas teve no engajamento dos empregados um diferencial. “Temos uma liderança visível, com gestores atuando muito próximos de todos os níveis operacionais. Isso faz com que 100% da equipe entenda os objetivos da empresa e trabalhe unida para alcançá-los, conquistando resultados expressivos”, ressalta Anderson Cerceau, diretor industrial da mina de bauxita. “É uma honra saber que nosso trabalho contribuiu para esse momento e temos certeza de continuaremos nos dedicando para que a empresa continue entre as melhores no próximo ano”, disse emocionada a operadora Glaucia Nascimento, que representou os mais de 1.400 empregados no evento.

Sobre a mina - A bauxita lavrada em Paragominas é transportada em forma de polpa por um mineroduto pioneiro de 244 km, que atravessa sete municípios até chegar à maior refinaria de alumina do mundo, a Hydro Alunorte, em Barcarena, também no Pará. No mesmo município, a alumina é utilizada como matéria-prima na fábrica de alumínio primário Albras, onde a Hydro é acionista majoritária. Juntas, estas empresas constituem um dos exemplos mais fortes de verticalização atualmente no Estado.

A Hydro Paragominas lavra anualmente cerca de 15.2 milhões de toneladas do minério e tem a capacidade de produção de 9,9 milhões de toneladas de bauxita ao ano, número que já foi superado em 2015. Com o ritmo de produção atual, as jazidas, em Paragominas, permitem que as atividades de mineração tenham uma vida útil de aproximadamente 41 anos, num processo alinhado às melhores práticas ambientais e de segurança operacional.


Iaci GomesAnalista | Analyst

Temple Comunicação
Travessa Benjamin Constant, 1416. Nazaré.
66035-060 | Belém-PA
+ 55 91 3205.6500 / 98896.7215
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores