sexta-feira, 1 de julho de 2016

Comunidade do Curumu recebeu a II edição do SEBRAE Itinerante Rural


A programação é uma realização da rede de Parceiros do Campo e teve sua primeira edição voltada aos pescadores artesanais.

No dia 28 de junho a Rede de Parceiros no Campo, promovida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e Prefeitura Municipal de Óbidos (PMO) realizou na Comunidade do Curumu a II edição do SEBRAE Itinerante no Campo, nesta edição voltada à agricultura familiar, com ênfase a produção de mandioca e seus derivados. A programação iniciou às 8h da manhã com pólos distribuídos na sede Comunitária e na Escola Governador Fernando Guilhon.

A Rede de Parceiros no Campo conta com a parceria da Empresa de assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER), Agência Estadual de Defesa agropecuária do Pará (ADEPARÁ), Banco do Brasil e Banco da Amazônia e das Secretarias Municipais de Meio Ambiente (SEMMA), Educação (SEMED), Desenvolvimento Social (SEMDES), Desenvolvimento Rural e Abastecimento (SEMAB) e de Saúde (SEMSA).

De acordo com a coordenadora do SEBRAE em Óbidos, Valdiléia Paiva, o evento já pode ser considerado um sucesso, uma vez que um grande público atendeu. “A gente fica muito feliz em ver que a comunidade abraçou e veio participar desse projeto que é voltado para o desenvolvimento dos produtores rurais. A Rede de Parceiros no Campo ela oferece muitas informações importantes justamente por envolver varias entidades que já prestam assistência a esses produtores”, enfatizou a coordenadora.

Durante o evento servidores da SEMMA realizaram atualização dos produtores rurais, a Secretária falou da importância dos produtores possuírem seu CAR Rural atualizado. “A Comunidade recebe o II Itinerante Rural que tem a temática voltada para a Agricultura familiar, e isso envolve a Secretaria de Ambiente, hoje toda propriedade tem que ter o seu CAR Rural e estar por dentro da legislação ambiental e esperamos que seja um evento promissor e que visa o desenvolvimento rural com responsabilidade dentro do município”, disse a secretária Robenízia Moda.  

Outro assunto debatido no evento foi sobre o Cadastro Único (CADÚNICO) e o programa Bolsa Família, uma duvida freqüente entre muitos pequenos produtores. “Às vezes os próprios usuários não possuem a informação correta e acabam perdendo o beneficio por conta disso. Nós viemos varias vezes ao Curumu fazer estes esclarecimentos, atualização de cadastro e outros atendimentos e mesmo assim a gente ainda percebe que há muitas duvidas sobre o cadastro único e o bolsa família”, falou a gerente de programas sociais da SEMDES, Katiane Sousa ao citar a redução e cortes no beneficio do bolsa família decorrente de conflito de informações ligadas a renda.

Ações de saúde como aferição de pressão arterial e teste de glicemia também foram realizados e a educação ambiental invadiu o universo dos estudantes da rede municipal de ensino. “A gente percebe que trabalhar a educação ambiental com as crianças traz um resultado muito maior. A criança ela absolve muito mais as informações e ainda não está naquele vicio que o adulto geralmente possui e que é mais difícil de mudar, e ela sai divulgando e cobrando uma postura mais consciente dentro do seu universo”, falou a educadora ambiental Perpétua Batista Mendes.

A programação contou com palestras sobre o Credito para agricultura familiar, sobre a Declaração de Aptidão ao PRONAF (DAP), sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR), Empreendedor do Campo. A próxima ação do SEBRAE Itinerante Rural será no dia 16 de agosto, terça-feira, na comunidade do Canta Galo.

Fonte: PMO
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores