quarta-feira, 6 de julho de 2016

Baixo Amazonas terá segurança reforçada durante o período de veraneio


Reforço na segurança para prevenir crimes, recuperar bens roubados, evitar afogamentos, acidentes de trânsito e garantir a paz. Estas são as metas das instituições de segurança pública que vão atuar de forma integrada na Operação Verão 2016 na região do Baixo Amazonas.

Detalhes sobre os trabalhos que serão executados durante o segundo semestre deste ano foram repassados a representantes dos 12 municípios que fazem parte da jurisdição da 12ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp). São eles: Faro, Terra Santa, Oriximiná, Óbidos, Juruti, Alenquer, Monte Alegre, Almeirim, Prainha, Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos.

As informações sobre os objetivos e metodologias adotadas durante a Operação Verão 2016 na região da 12ª Risp foram repassadas durante entrevista coletiva realizada na tarde desta terça-feira, 5, no auditório da Estação Cidade, em Santarém. Participaram da entrevista o comandante do 1º Comando Regional de Polícia Militar (CRP1), coronel Héldson Tomaso; inspetor Sidmar Oliveira, da Polícia Rodoviária Federal (PRF); delegado Nelson Gonçalves, da superintendência de Polícia Civil; major Júnior, do Corpo de Bombeiros; Luciana Vedato, do Detran; Maik Miranda, do Conselho Tutelar; Harlesson Melo, da Defesa Civil Municipal; Reinaldo Junior, da Secretaria Municipal de Trânsito e Eliene Sousa, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O coronel Tomaso informou que o efetivo da Polícia Militar será reforçado em todas as cidades da área da 12ª Risp. Ele explica que a operação tem caráter preventivo e que, de forma integrada, protege a população, evita crimes e agiliza os trabalhos das instituições envolvidas. “Vamos trabalhar de forma integrada. Os efetivos de polícia de todos os municípios da 12ª Risp serão reforçados. Nosso trabalho flagra crimes e infrações, mas, também temos caráter preventivo, evitando a prática de crimes e acidentes, zelando pela segurança da população. Para se ter um exemplo, temos aqui o Samu. O trabalho no trânsito e em nossas rodovias diminui o número de acidentes e ocasiona menor fluxo de acidentados nos hospitais, dando espaço a quem precisa do leito por motivo de alguma enfermidade”, explica o comandante.

A Operação Verão 2016 teve início no dia 1º de julho. Nela, várias instituições ligadas a diversos setores como segurança, trânsito e saúde, atuam em blitz, fiscalizações e abordagens para prender criminosos, localizar entorpecentes, recuperar veículos roubados, entre outros objetivos.

O patrulheiro Sidmar Oliveira, da PRF, lembra que nesta terça-feira, 5, por exemplo, após abordagem na avenida Santarém-Cuiabá, um indivíduo foi flagrado dirigindo portando uma Carteira de Habilitação falsa. “A CNH era falsa, do Rio de Janeiro, identificamos e levamos o cidadão até a delegacia de Polícia Civil para procedimento. As barreiras possibilitam esse tipo de efeito”, informou Oliveira.

Os municípios do Baixo Amazonas recebem um grande fluxo de turistas durante esse período do ano, em virtude de suas centenas de praias. O Corpo de Bombeiros informou que a presença de guarda vidas e monitoramento das principais praias e balneários serão reforçados. “Vamos monitorar e aumentar o contingente nas praias mais procuradas, como Alter do Chão, em Santarém, e Pindobal, em Belterra. Orientando e garantindo a segurança do banhista”, disse o major Júnior.

O coronel Tomaso informou, ainda, que cada município possui um Comando Local da Polícia Militar que planeja as ações, juntamente com as instituições das cidades, de acordo com a realidade de cada área. Ele ressalta que grandes eventos com aglomeração de pessoas têm uma atenção especial e peculiar. “É o caso do Çairé, por exemplo, e do Festribal, em Juruti. Eles reúnem milhares de pessoas e nossos trabalhos passam a ser intensificados de forma direcionada”, concluiu.

Fonte: SECOM
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores