quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Catadores farão coleta seletiva de recicláveis em Olimpíada


Iniciativa é pioneira em competições olímpicas e ocorre em todas as cidades que receberão partidas da competição.

Pela primeira vez na história dos Jogos Olímpicos, catadores de materiais recicláveis vão atuar nos serviços de coleta seletiva. O lançamento da iniciativa “Reciclagem Inclusiva: Catadores nos Jogos Rio 2016” ocorreu nesta sexta-feira (29), na sede da cooperativa Ecoponto, no Rio de Janeiro.

A gestão adequada dos resíduos sólidos é um dos eixos do Programa de Sustentabilidade dos Jogos Olímpicos 2016, que adotou um sistema envolvendo o ciclo da geração até a destinação final em todas as fases das competições.

O trabalho será executado por 240 catadores e mais 60 de reserva. Além dos catadores envolvidos na iniciativa serem remunerados durante a ação, todo o material reciclável será destinado às associações e cooperativas selecionadas. A atuação dos catadores acontecerá em três áreas da competição: Deodoro, Barra da Tijuca e Maracanã.

A estimativa dos organizadores é que durante os jogos sejam geradas cerca de 3,5 mil toneladas de materiais recicláveis, e a orientação é de que todo o material seja coletado e encaminhado para reciclagem.

Atuação

Os catadores atuarão em duas frentes: uma educativa, com ações de sensibilização do público, e outra operacional. Caberá aos trabalhadores a separação, o transporte e a organização dos resíduos em um centro de triagem, e sua destinação, às cooperativas selecionadas. Serão fornecidos uniformes especiais e equipamentos de proteção individual.

Além da parceria que viabilizou a iniciativa no Rio de Janeiro, estão previstas parcerias com atores locais para a implementação da coleta seletiva nas demais cidades que sediarão as competições de futebol masculino e feminino: São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Salvador (BA) e Manaus (AM). O objetivo é fortalecer essa política pública e concretizar um importante legado de sustentabilidade para o País.

Portal Brasil, com informações do Ministério do Meio Ambiente

Fonte: reciclagem, catadores, cooperativas de reciclagens, esporte, jogos olímpicos, Cesar Dias
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores