sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Pró-Saúde apresenta case de melhor hospital público no Congresso Médico e Jurídico, em Vitória



Pró-Saúde
Joab Ferreira
Tel.: (93) 9182-6500




O diretor de Desenvolvimento da Pró-Saúde, Danilo Oliveira da Silva, apresentou, na manhã desta sexta-feira (26/08), o modelo de prestação de serviços da entidade na gestão de saúde pública, durante o 4º Congresso Brasileiro Médico e Jurídico. 
Para um público que lotou o auditório do Itamaraty Hall, em Vitória (ES), o diretor apresentou a experiência da gestão no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), localizado em Santarém (PA), pertencente ao governo do Estado. “A Pró-Saúde assumiu a administração do HRBA num momento em que o hospital enfrentava muitas dificuldades, em 2008. Em parceria com o governo, realizamos um trabalho com foco na qualidade do atendimento e segurança do paciente, resultando na conquista da Certificação ONA 3, para aquela unidade hospitalar, que ocorreu em 2015”, destacou. 
A ONA3, ou Acreditado com Excelência, é a mais alta qualificação emitida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), entidade que atesta a qualidade de unidades de saúde no País. 
Danilo Oliveira, em sua exposição, também comentou sobre o ranking publicado pela revista Exame, em maio deste ano, no qual o HRBA aparece como um dos dez hospitais públicos de excelência no Brasil. Nesse mesmo ranking, segundo o diretor, a Pró-Saúde figura como destaque, já que o Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), também sob sua gestão, aparece na lista dos hospitais públicos certificados com ONA. “O interessante desse ranking é que dos dez hospitais acreditados com Excelência, nove são administrados por Organizações Sociais”, acrescentou. 
Em sua apresentação, o diretor destacou os fatores de sucesso no modelo de gestão feito por uma Organização Social. “Para que o trabalho seja bem-sucedido, é necessário observar alguns fatores, que incluem a escolha da OS, o acompanhamento e fiscalização, o financiamento adequado, a rapidez na tomada de decisão e o compromisso do contratante em manter os repasses em dia”, observou Danilo Oliveira. Ele também citou um estudo feito pelo Banco Mundial, que aponta benefícios das parcerias firmadas com OSs, como o aumento da produtividade, qualidade da assistência, redução de custos, satisfação do usuário e resolutividade. 
Danilo lembrou que, em Vitória, a Pró-Saúde gerencia o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), desde 18 de dezembro do ano passado. “Nossa meta é, para o próximo ano, também certificar o HEUE com a ONA”. 
Promovido pela Abrages (Associação Brasileira de Gestão Social e Tecnologia), o evento conta com apoio da Pró-Saúde. Iniciado na quarta-feira, dia 24, o Congresso termina hoje com debates previstos até as 18h.



Galeria de fotos:
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores