sexta-feira, 17 de março de 2017

Sessão Solene comemora os Dias Estadual e Mundial do Jovem Adventista



Uma Sessão Solene foi realizada nesta quinta-feira (16/03), NA Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), em homenagem aos jovens adventistas. A Sessão atendeu a uma proposição do deputado Jaques Neves (PSC), alusiva ao Dia Estadual do Jovem Adventista, data criada por meio de Projeto de Lei também de autoria do parlamentar. A Sessão também comemorou o Dia Mundial do Jovem Adventista, celebrado pela comunidade adventista em todo o mundo, no terceiro sábado do mês de março. “O jovem adventista está inserido na sociedade paraense e no Brasil. E temos que destacar que o jovem adventista é diferenciado pela sua esperança no advento, mas também porque ele é esperançoso por um dia melhor, e que luta por seus ideais, mas participa da construção desses ideais”, destacou Jaques Neves.

O deputado também ressaltou a necessidade de valorizar as atividades desenvolvidas pelos jovens que estão inseridos em vários projetos voluntários na Igreja Adventista. “A gente tem que valorizar esse jovem que desenvolve vários projetos. Entre eles, podemos destacar o “Vida por vidas”, que são os jovens que mais fazem doação de sangue em toda a América do Sul. Além disso, temos o projeto dos jovens adventistas desbravadores, no qual eles desenvolvem atividades culturais e de ajuda, que fazem com que eles tenham mais disciplina e desenvolvem projetos voltados para coisas boas. E há também o “Legião do Bem”, que distribui alimentos para as pessoas mais necessitadas, levando música e alegria para elas que estão em situação de rua. Então, o Parlamento precisa mostrar isso para a sociedade paraense”, ressaltou.

O líder dos jovens adventistas da União Norte Brasileira, que reúne os estados do Pará, Amapá e Maranhão, Eduardo Batista da Silva, destacou durante a Sessão, o poder transformador do trabalho voluntário desenvolvido pelos jovens adventistas. “Falar que ama o próximo é fácil, mas arregaçar as mangas e fazer algo pelo próximo é que é o desafio. Então, esse amor a Deus pregado pela igreja não pode estar deslocado da ação e o jovem quando ele faz o bem a alguém, o maior beneficiado não é a pessoa a quem você faz o bem, mas é a pessoa que realizou porque você volta para casa com a sensação de dever cumprido, se sentindo útil e aliviado e sentindo que ajudou a melhorar a vida do seu próximo. E é isso que os nossos jovens fazem nos seus trabalhos e missões”, avaliou o líder da juventude adventista.

De acordo com Eduardo da Silva, a Igreja Adventista possui cerca de 285 mil membros só no Pará. Desse total, cerca de 65% é composta de jovens com idade até 35 anos. “Então, nós temos uma igreja com forte participação da juventude e essa sessão é um reconhecimento da importância do trabalho desses jovens para a construção de um mundo melhor”, acrescentou o líder da juventude adventista.

Eduardo William da Silva Neves, de 24 anos, é de família adventista e integra o grupo de desbravadores da Primeira Igreja Adventista. Trajando um uniforme de gala do grupo, ele disse se sentir feliz por fazer parte de um grupo que reúne em torno de 60 pessoas, com idade entre dez e 15 anos, que já desenvolveu várias atividades voluntárias na região. “Eu acredito que o principal é a oportunidade que nós temos de ajudar crianças, adolescentes e jovens a se desenvolverem não só no aspecto espiritual, mas como cidadãos também para que ajudem a fazer desse mundo um lugar melhor para se viver”, concluiu o jovem.

Fonte: AID
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores