terça-feira, 21 de março de 2017

Deputados, pesquisadores, autoridades e profissionais de saúde celebram 80 anos do "Evandro Chagas"



A Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) realizou, na manhã desta segunda-feira (20/03), a Sessão Solene em comemoração aos 80 anos do Instituto Evandro Chagas (IEC). A sessão foi presidida pelo chefe do Poder Legislativo, deputado Márcio Miranda, e atendeu ao requerimento do deputado Carlos Bordalo. O Instituto Evandro Chagas é um órgão vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério das Saúde que atua nas áreas de pesquisa biomédicas e na prestação de serviços em saúde pública. 

"O Parlamento do Pará tem a honra de poder acolher esse momento significativo e histórico para o Pará e para o Brasil e agradecer ao deputado Carlos Bordalo, que fez a proposição para fazermos essa homenagem aos 80 anos do IEC. É muito importante para nós, os 41 deputados, ficarmos atentos ao que acontece de crítico e bom, tudo isso passa pelos gabinetes dos deputados, que estão vigilantes e atentos à história do país", disse o chefe do Parlamento paraense, deputado Márcio Miranda. 

A Sessão Solene contou com a presença de muitos pesquisadores e estudiosos da área de saúde pública. A mesa foi composta pelos deputado Márcio Miranda e Carlos Bordalo; pelo diretor do IEC, Pedro Vasconcelos; o diretor substituto do IEC, Fernando Tobias Silveira; Solon Imbiriba, representante do Ministério das Saúde; Bernardo Cardoso, representante da Secretaria de Saúde do Pará (Sespa); pela diretora do Centro Nacional de Primatas do IEC, Liliane Carneiro; Alberto Ferreira, representante do Hospital Ophir Loyola; e Mauro Acatauassu Nunes, Diretor Geral do Instituto de Ciências da Saúde da UFPA. 

"É interessante primeiro agradecer a iniciativa da Assembleia Legislativa em realizar uma sessão em homenagem aos 80 anos do Instituto Evandro Chagas. O instituto tem uma larga contribuição em descobertas e ações em saúde pública voltadas para as doenças amazônicas. Pra gente, é motivo de orgulho fazer parte deste instituto que há 80 anos atua em Belém e Ananindeua, mas que tem repercussão a nível nacional e mundial em termos de pesquisas sobre vírus, bactérias, parasitas e fungos" disse o diretor do IEC, Pedro Vasconcelos.

O deputado Carlos Bordalo destacou algumas conquistas do instituto para o desenvolvimento da saúde pública. "As ações do IEC refletem as grandes conquistas obtidas para a saúde pública no Brasil, como o isolamento e caracterização de mais de 210 tipos diferentes de arbovírus, um recorde mundial que deu à instituição referência nacional e internacional. O IEC é a única instituição brasileira que integra o Comitê Assessor para Zika da Organização Mundial da Saúde", destacou Bordalo. 

PUBLICAÇÃO - Acostumado a valorizar o resgate histórico do Pará com publicações que fazem a relação do Parlamento Paraense com instituições de grande relevância ao Estado, o deputado Márcio Miranda anunciou que irá produzir uma revista que contará a relação da Alepa com o Instituto Evandro Chagas que, originalmente, era um órgão estadual. "Iremos mandar nossas equipes para fazer pesquisas dentro do IEC de algum fato que tenha tido a participação do Parlamento do Pará nessa longa história. Nós vamos financiar essa publicação para que possamos contar essa história com o olhar do Parlamento. Temos que manter a cultura viva e reconhecer aqueles que trouxeram essas instruções até aqui", disse Márcio Miranda. 

DESAFIOS - O IEC vem buscando ações que possam torná-lo mais forte, como a transformação do Instituto em Fundação, aos moldes da Fiocruz e Funasa. O deputado Carlos Bordalo disse que vai fazer parte desta campanha dentro do Ministério das Saúde, assim como o presidente da Alepa, que informou que não medirá esforços para alcançar a transformação do órgão. 

Fonte: AID
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores