terça-feira, 2 de maio de 2017

Akamai reforça o foco em soluções na nuvem com aquisições da SOASTA e da Soha Systems


Empresa cria um conjunto de soluções de desempenho digital e de acesso remoto às aplicações na Internet para garantir novos serviços aos clientes.

A Akamai Technologies, Inc. (NASDAQ: AKAM), líder mundial em CDN (Content Delivery Network), segue reforçando seu portfólio de soluções na nuvem de acesso remoto. A companhia, que atua com serviços de velocidade, confiabilidade e desempenho da Internet a seus clientes, anuncia a aquisição de duas companhias: Soha Systems e SOASTA.

Com a incorporação da SOASTA, empresa líder em gerenciamento de desempenho digital, a Akamai cria um abrangente conjunto de soluções de desempenho baseadas na nuvem e de otimização de resultados de negócios. Estas habilidades visam oferecer aos clientes da companhia o poder de medir, otimizar e validar o impacto de suas estratégias de desempenho da web nos negócios com elevada eficiência.

"A plataforma da SOASTA permite que os proprietários de empresas obtenham continuamente informações críticas inéditas sobre desempenho e sobre a experiência dos usuários nos dispositivos móveis e na Internet, em tempo real e em grande escala. A capacidade de oferecer experiências digitais excepcionais é de extrema importância para nossos clientes", afirma Hugo Werner, vice-presidente para America Latina da Akamai. "Adicionar esta tecnologia ao nosso portfólio de soluções de desempenho web possibilita aos nossos clientes novas e robustas formas de entender melhor a correlação entre o desempenho do site e os resultados dos negócios", completa.

Já a aquisição da Soha Systems permitiu o lançamento da Enterprise Application Access, uma solução que simplifica o acesso remoto e de terceiros às aplicações ao mesmo tempo em que aumenta a segurança corporativa. Trata-se de um enfoque baseado na nuvem e de fácil gerenciamento, que incorpora a tecnologia da recente aquisição da Akamai.

“A tecnologia móvel, a adoção da nuvem e a expansão dos ecossistemas corporativos digitais estão transformando o local onde se armazenam as aplicações críticas das companhias. Embora as empresas estejam proporcionando o acesso remoto às aplicações há mais de duas décadas, este processo geralmente envolve, com certa frequência, uma implementação e um gerenciamento complexos para as equipes de TI.  As empresas confiam em uma ampla variedade de soluções de hardware e software, como controladores de distribuição de aplicações (ADC – Application Delivery Controller), as redes virtuais privadas (VPNs) e as soluções de gerenciamento de identidade e de controle das aplicações”, argumenta Werner.

Contudo, o projeto típico das redes que permitem o acesso remoto às aplicações corporativas segue hospedando riscos para a segurança, no sentido de que uma ampla conectividade da rede pode aumentar significativamente a superfície de ataques de uma empresa.  A solução Enterprise Application Access foi desenvolvida para abordar as limitações do acesso remoto tradicional, pois oferece um novo enfoque no momento em que permite o acesso a aplicações armazenadas em centros de dados corporativos ou ambientes de nuvem híbrida. Ela possibilita uma alternativa única às tecnologias tradicionais de acesso remoto e de acesso de terceiros, como as redes VPNs, os protocolos RDP e os proxies.

Com a Enterprise Application Access, as aplicações não são visualizadas na Internet nem em ambientes públicos. Sua arquitetura de nuvem de saída das comunicações possibilita fechar todas as portas de firewall entrantes e que os usuários finais autenticados acessam unicamente aplicações específicas autorizadas. Esta nova solução integra em um único serviço baseado na nuvem a proteção do tráfego de dados, o acesso por identidades, a segurança das aplicações e o gerenciamento, tanto da visibilidade como do controle.

Os clientes podem utilizar as capacidades nativas da solução Enterprise Application Access ou integrar facilmente a solução com os sistemas implementados anteriormente. Além disto, o serviço destaca-se por um importante aspecto:  a solução foi projetada para ser implementada em poucos minutos em qualquer ambiente de rede através de um portal unificado, com um só ponto de controle. E, ainda, tudo por uma pequena fração dos custos das soluções tradicionais.

“O acesso a aplicações corporativas pode ser complicado e arriscado, uma vez que os ataques focados em dispositivos móveis e terceiros, e com base no movimento lateral, são a regra", comenta Christina Richmond, diretora de programas de serviços de segurança da IDC. “Para eliminar o impacto gerado pelas plataformas de terceiros é necessário aplicar uma abordagem inovadora e de fácil acesso, baseada na nuvem e centrada nas aplicações e na identidade. A IDC identificou esse enfoque fundamentado na abordagem na nuvem, e a solução Enterprise Application Acesso da Akamai provou ser a solução perfeita.”

Sobre a Akamai
Líder mundial em serviços de CDN (Content Delivery Network – Rede de Distribuição de Conteúdo), a Akamai oferece aos seus clientes uma Internet mais rápida, confiável e segura. As avançadas soluções de desempenho da web, desempenho móvel, segurança na nuvem e de entrega a meios de comunicação da Akamai estão revolucionando a maneira como Akamai otimiza a experiência dos clientes, negócios e entretenimento para qualquer dispositivo, em qualquer lugar. Para saber como as soluções da Akamai e sua equipe de especialistas em Internet ajudam as empresas a avançarem faster forward, visite www.akamai.com o blogs.akamai.com, e siga a @Akamai no Twitter.

Declaração da Akamai no âmbito da lei Private Securities Litigation Reform Act
Este comunicado contém informações sobre as expectativas, os planos e as perspectivas da administração da Akamai que constituem projeções futuras dentro do significado das disposições "safe harbor” (“porto seguro") da lei Private Securities Litigation Reform Act de 1995, incluindo as declarações sobre os planos futuros e oportunidades de negócios. Os resultados reais podem diferir consideravelmente daqueles indicados por estas declarações prospectivas, como resultado de vários fatores importantes, incluindo, entre outros, um funcionamento não previsto das ofertas e funções da Akamai, a falta de aceitação no mercado das soluções pós-aquisição e outros fatores que são discutidos no relatório anual da empresa no Formulário 10-K, nos relatórios trimestrais no Formulário 10-Q e outros documentos apresentados periodicamente à SEC.


Fonte: Market21 Relações Públicas, Comunicação & Marketing
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores