terça-feira, 2 de maio de 2017

Adepará apreende camarão salgado sem procedência


A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) apreendeu, na noite desta terça-feira (25), cerca de meia tonelada de camarão salgado sem procedência. A ação ocorreu na barreira do município de Gurupi, divisa do Estado do Pará com o Maranhão. O produto vinha de Turiaçu, município maranhense, e, provavelmente, abasteceria o mercado paraense. A apreensão teve a colaboração da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os camarões estavam escondidos na carroceria de um veículo de passeio. “A carga foi interceptada pela PRF, que acionou a Adepará para que os procedimentos fossem realizados, já que se tratava de um subproduto de origem animal. Como não a carga não tem procedência, ou seja, não sabemos a sua origem e como foi processada, ela será incinerada”, explica a gerente do Serviço de Inspeção Estadual (Sie), de competência da Adepará, a fiscal Sumaya Emilia Paulino.

A equipe da Adepará que fez a apreensão na barreira é composta pelos agentes de fiscalização Afonso Vale e Mário Palheta. “Após o contato com a PRF, nós agimos rapidamente para apreender o camarão do tipo salgado e descascado”, contou Mário Palheta. “O condutor do veículo estava transportando um subproduto animal sem a documentação sanitária necessária, o que apresenta uma infração grave e um risco para quem consumir o produto”, complementa.




Fonte: Ascom Adepará (Camila Moreira)
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores