segunda-feira, 3 de abril de 2017

Vistoria técnica marca retomada das obras do Ginásio de Santarém


As obras no Ginásio Poliesportivo de Santarém foram retomadas nesta semana, após vistoria técnica de engenheiros da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop). A praça esportiva tem projeto totalmente voltado para o conceito de obra verde, com a redução de até 80% no uso de madeira, e terá capacidade para receber cinco mil pessoas em acontecimentos voltados não só ao esporte, mas também à cultura e ao lazer.

O investimento da obra que tem à frente a Stylus Engenharia é de R$ 16 milhões. O espaço multiuso deve ser concluído em 2018. “O ginásio tem um projeto moderno e que vai primar pela acessibilidade. Teremos assentos para obesos e cadeirantes, por exemplo. Também será de multiuso, pois tem um palco, que servirá para shows e apresentações artísticas e culturais”, detalhou o engenheiro Sérgio Paixão, diretor de Fiscalização da Sedop. A parte de fundação, que necessitava de maior mão de obra e tempo, já foi concluída.

Instalado em um terreno de 21 mil metros quadrados de área total e 6.500m² de área construída, localizado no bairro Caranazal, região metropolitana de Santarém, o projeto prevê a construção de salas administrativas, banheiros, vestiários, lanchonete e um amplo estacionamento próprio.

A obra integra as ações do governo do Estado de valorização da prática esportiva entre os jovens, além de garantir um espaço com infraestrutura moderna para realização de competições. “Com essa obra Santarém se tornará uma referência em toda a região no âmbito das competições esportivas. O novo ginásio terá toda a infraestrutura de um centro de treinamento e colocará o município no rol das grandes competições de modalidades como futsal, voleibol e basquetebol, por exemplo”, avalia o diretor da Sedop.

A estrutura da praça esportiva contemplará as seguintes áreas: duas amplas bilheterias, recepção, saguão de entrada, setor de apoio ao turista, duas lanchonetes, academia de ginástica e academia exclusiva para atletas, sala de juízes, estacionamento para 500 carros e um palco de 350 m² de extensão por três metros de altura, que poderá receber grandes shows. O ginásio terá ainda salas voltadas ao atendimento de segurança, saúde e projeto de acessibilidade, em conformidade com os critérios preestabelecidos pelo Ministério do Esporte.

Por: Alailson Muniz
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores