sexta-feira, 7 de abril de 2017

Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus: o que muda nos novos celulares da Samsung


A principal mudança que os novos Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus trouxeram à linha S da Samsung foi a tela grande e alongada, com bordas curvas. Os celulares não vêm com o display tradicional e optam pela "tela infinita", antes exclusiva da linha Edge. A novidade agrada, mas, sem a linha Edge, ficou mais difícil saber as diferenças entre os modelos.
Os smartphones ainda não têm data de lançamento e nem preço oficial no Brasil. No entanto, mesmo antes de chegarem ao país, é importante conhecê-los e entender o que muda na ficha técnica dos novos celulares top de linha, antes de decidir qual o melhor para você. Veja, a seguir, uma análise de semelhanças e diferenças entre o Galaxy S8 e S8 Plus.
Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular
Os Galaxy S8 e S8 Plus trazem telas com uma nova proporção de 18,5:9, que deixa o painel com um aspecto mais alongado do que o usual. Ao contrário do que aconteceu com a dupla Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge, os dois trazem bordas curvadas. Além disso, oferecem a mesma resolução Quad HD+ (2960 x 1440 pixels) e tecnologia Super AMOLED, responsável por cores mais intensas e vivas.
A diferença nesse quesito fica principalmente por conta do tamanho. O S8 tem tela de 5,8 polegadas, ligeiramente maior do que o Galaxy Note 7 – o modelo que sofreu recall ano passado por causar explosões. Já o S8 Plus é o primeiro celular da Samsung a oferecer 6,2 polegadas. Como a resolução é a mesma, a densidade de pixels acaba ficando um pouco diferente: 570 ppi no S8 e 529 ppi na versão maior. Na teoria, o "irmão menor" deve apresentar imagens com maior definição.
O TechTudo testou o celular durante o lançamento em Nova York e constatou que a tela do S8 Plus pode ser grande demais para a maioria dos usuários. Se você tem mãos pequenas, talvez seja melhor optar pela versão menor.
Design
O visual dos dois smartphones é exatamente o mesmo, excluindo as dimensões. Com uma tela maior, naturalmente o S8 Plus é mais avantajado. Ele é cerca de 10 mm mais alto e 5 mm mais largo, além de 20 g mais pesado do que o S8, o que tende a dar uma boa diferença ao segurar nas mãos. A espessura é praticamente a mesma, com diferença de apenas 1 mm.
Os dois celulares trazem também corpo resistente a água e poeira, e têm construção toda em vidro e metal. 
Câmeras
A câmera do Galaxy S7 foi transportada para a geração mais recente, e são as mesmas no Galaxy S8 e na variante Plus. Os dois modelos trazem um sensor de 12 megapixels na traseira, com tecnologia Dual Pixel e abertura de lente f/1.7 para capturar o máximo de luz em ambientes escuros. Ambos também filmam em 4K com o mesmo desempenho.
Na frente, os celulares trazem um novo sensor de 8 MP que agora conta com autofoco para evitar fotos tremidas. De novo, a experiência de fotografia tende a ser a mesma nos dois lançamentos. 
Armazenamento, processador e memória RAM
Galaxy S8 Plus conta exatamente com o mesmo hardware do “irmão menor”. Os modelos dos Estados Unidos trazem o novo Snapdragon 835, processador top de linha da Qualcomm. Já no Brasil, os smartphones devem chegar com o Exynos 8895, que também conta com oito núcleos de processamento, e rodará em conjunto com memória RAM de 4 GB. A dupla vem com 64 GB de armazenamento e suporte para cartão de memória até 256 GB.
Bateria
A bateria do Galaxy S8 Plus tem 500 mAh a mais do que no S8 – são 3.500 mAh contra 3.000 mAh. O resultado tende a ser mais tempo de autonomia na versão Plus, apesar do telão de 6,2 polegadas. Por outro lado, com uma carga menor, o Galaxy S8 tem mais chances de recarregar rapidamente na tomada.
Versão do Android
Android 7.0 Nougat com a versão mais nova da interface da Samsung vem pré-instalado tanto no S8 quanto no S8 Plus. Dessa vez, os dois têm os mesmos recursos do sistema, diferentemente do ano passado, quando o S7 Edge trazia funções extras para usar na borda curva.
Vale lembrar que a Samsung costuma liberar updates ao mesmo tempo para os dois celulares top de linha, então a tendência é também de igualdade em atualizações do software.
Preço e custo-benefício
Esse ano há menos disparidade entre os dois smartphones tops de linha da Samsung, mas a variação de preço se mantém. Nos Estados Unidos, onde os valores já foram anunciados, os modelos são comercializados com os mesmos US$ 100 de diferença. Eles são vendidos por cerca de US$ 720 e US$ 820, respectivamente (R$ 2.248 e R$ 2.560 na cotação atual, sem impostos). Os preços dos novos Galaxy no Brasil, por enquanto, permanecem incertos.
Fonte: TecTudo, AW Informatica, Técnologia da Imformação
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores