quinta-feira, 20 de abril de 2017

Pte da Alepa pede ao Ministério do Planejamento providências para o funcionamento da UNIFESSPA


Os parlamentares aprovaram durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira (19/04), o requerimento 122/2017, de autoria do deputado Márcio Miranda, Chefe do Poder Legislativo do Pará, que pede ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão a criação de 156 vagas de servidores para a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA).

O presidente da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), deputado Márcio Miranda, solicitou que o requerimento seja enviado ao Ministério porque a falta de servidores públicos na instituição está inviabilizando a vocação da UNIFESSPA, que tem foco no ensino e pesquisa no setor agrário, a partir de cursos como Educação do Campo, Agronomia, Direito da Terra, Engenharia de Minas, Engenharia de Materiais e Geologia.

Para o funcionamento da UNIFESSPA seriam necessárias, no mínimo, 156 novas vagas, sendo 66 para docentes, 50 para técnico-administrativos de classe “E” e 40 de classe “D”. A UNIFESSPA está sediada na cidade de Marabá e possui campi em Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Rondon do Pará e Xinguara.

“Trata-se de uma medida de grande importância e urgência a ser tomada pelo Ministério do Planejamento, considerando que - sem tais servidores - há risco real de inviabilização dos cursos implantados que possuem ofertas para o próximo processo seletivo. Essa é uma ação suprapartidária, visando o bem maior, que se traduz na educação da população do Pará”, disse Márcio Miranda.

Pedidos dessa natureza já foram também encaminhados pelos senadores Paulo Rocha, Flexa Ribeiro e Jader Barbalho.  

Fonte: AID
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores