terça-feira, 18 de abril de 2017

Confusão no Celeiro Beer termina em tiroteio




Na delegacia de policia de Santarém, o delegado José Kleidson de Castro, que instaurou inquérito policial para apurar uma confusão ocorrida na entrada do Celeiro Bar, localizado na avenida Cuiabá, esquina com a avenida São Sebastião, no último fim de semana. O caso envolve um jovem, que estava armado, e efetuou tapas em dois seguranças e um disparo com arma de fogo que passou perto de uma segurança mulher, colocando em risco a vida de quem ainda estava no local.

Alberto Amaral Lopes, 29 anos, foi preso pela Polícia Militar e conduzido até a 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por fazer disparos de arma de fogo em local habitado. Ele estava armado com uma pistola 380. Alberto pagou fiança arbitrada pelo delegado no valor de três salários mínimos. Ele vai responder ao inquérito em liberdade.

Até a manhã de hoje, nenhum segurança agredido durante a confusão generalizada que envolveu Alberto e um irmão, supostamente agredido por seguranças do clube, compareceu para registrar o Boletim de Ocorrência contra o mesmo.

O delegado informou que vai intimar todas as testemunhas para substanciar o inquérito policial que apura essa confusão. Um dos seguranças agredidos com um soco pelo jovem foi localizado pelo delegado José Kleidson de Castro. 

Alberto Portela possui porte de arma. Em seu depoimento, ele contou que usou a arma apenas para defender o irmão, que estava sendo agredido. 

O vídeo cedido pela administração do Celeiro mostra toda a confusão na qual o jovem Alberto se envolveu. As imagens mostram ele com a arma em punho e agredindo os seguranças, além de mostrar também o momento do disparo. 

A arma foi apreendida e encaminhada para a perícia.

Fonte: Celeiro Beer
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores