terça-feira, 4 de abril de 2017

Parlamentar cobra agilidade do Ministro de Minas e Energia para o Linhão Tramoeste




“Sem a construção do Linhão, passaremos por um déficit alto de energia elétrica e isso trará uma problemática grande para o município de Santarém”, alertou o líder do PRP na Câmara Municipal de Santarém.

O vereador Alaércio DrogaMil, líder do PRP na Câmara Municipal de Santarém, usou a tribuna na manhã desta segunda- feira, 03/04, para falar da audiência que teve com o Ministro de Minas e Energia (MME), Fernando Bezerra Filho, que tratou sobre o Linhão Tramoeste.

Alaércio informou que haverá um leilão no dia 24/04, da segunda ponta do Linhão, o qual contempla Altamira à Santarém. Essa é uma obra de 500 quilômetros de rede e está orçada em R$ 670 milhões. “Se alguma empresa tiver interesse nesse lote, no máximo em 2023 teremos as obras do Linhão finalizadas, a qual só trará benefícios para o nosso Município” relatou o parlamentar.

A empresa Celpa também participou dessa reunião no MME e mostrou números preocupantes. “A Celpa informou que a partir de 2018 Santarém passará por um déficit de energia elétrica e precisaremos usar as termoelétricas, isso é uma situação preocupante para o município de Santarém”, alertou Alaércio.

O parlamentar finalizou fazendo um alerta, de que se não existir interessados nas obras do Linhão Tramoeste, Santarém e todos os municípios envolvidos no sistema vão passar por grandes problemáticas.

Fonte: RG 15/O Impacto e Fernanda Rabelo
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores