terça-feira, 6 de setembro de 2016

Parlamentares recebem policiais civis para discutir valorização da categoria



Representantes da Associação dos Delegados da Polícia Civil do Pará (Adepol) e do Sindicato do Servidor  da Polícia Civil (Sindipol/Pa) foram recebidos pelos deputados Eliel Faustino (líder do Governo) e Carlos Bordalo, na manhã desta terça-feira (06/09), na Sala VIP da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). Eles reivindicam apoio dos parlamentares na intermediação junto ao governo do Estado para discutirem, conjuntamente, uma nova proposta sobre o decreto que está em Poder do Executivo sobre a promoção funcional dos servidores de carreira da Polícia Civil.    

Uma das reivindicações da categoria é a adequação do decreto e a transformação da proposta em Projeto de Lei para atender às necessidades de promoção de servidores que integram o Sistema de Segurança Pública da Polícia Civil como os delegados, escrivães, investigadores, motoristas e papiloscopistas e os demais agentes.

De acordo com informações do delegado João Moraes, a proposta foi construída em conjunto com representantes da categoria e do governo estadual, mas o tramite ainda está paralisado no governo. “Queremos o apoio dos deputados para ajudar nessa causa. A categoria necessita desse incentivo pois existem profissionais que estão sem progressão na carreira há mais de 12 anos e isso não é justo”. A regulamentação da promoção dos profissionais só pode ocorrer com a transformação do decreto em Projeto de Lei”, explicou o delegado.

O líder do governo no Parlamento paraense, o deputado Eliel Faustino, se comprometeu em agendar uma reunião - o mais breve possível - com o Delegado Geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino de Souza, representantes do Poder Executivo e policiais civis para discutirem a adequação da proposta e agilidade na tramitação. “Entendemos as necessidades da classe e vamos intermediar junto ao governo e aos representantes dos órgãos de segurança do estado, um debate amplo sobre as demandas”, concluiu Eliel.

Com o objetivo de contribuir para a regulamentação do processo de promoção funcional das classes, o deputado Carlos Bordalo, apresentou durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (06/09), um Projeto Indicativo que busca estabelecer critérios de vencimentos e promoções das categorias que integram o Sistema de Segurança Pública da corporação policial.    

De acordo com a proposição apresentada por Bordalo, as promoções terão as seguintes finalidades: despertar o interesse pelo serviço policial, motivar o policial para desempenhar melhor o exercício da profissão, proporcionar igualdade e oportunidade, além de agregar valores profissionais. “Recentemente aprovamos aqui na Casa, projetos que beneficiaram os policiais militares e a Polícia Civil também merece o mesmo tratamento. Esse projeto apresentado pretende estimular, incentivar e valorizar os policiais civis”, justificou Bordalo.

TRÂMITE - O Projeto Indicativo é uma sugestão do deputado -  representando o Parlamento Estadual - ao Poder Executivo, para regulamentar o processo de promoção. O Projeto de Indicação será encaminhado ao governo para análise e sanção. Se aprovado, vai atender mais de três mil servidores da polícia civil.      

Fonte: Assembléia Legislativa
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores