terça-feira, 6 de setembro de 2016

Doações do Livro Solidário beneficiam socioeducandos da Fasepa em Santarém


O projeto de incentivo à leitura Livro Solidário, coordenado pela Imprensa Oficial do Estado (IOE), doou cerca de 500 livros para apoiar as atividades didáticas dos jovens assistidos pela Unidade de Internação Masculina da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) de Santarém. A entrega foi feita nesta segunda-feira (05), no estande da IOE montado no no Espaço Pérola do Tapajós, onde acontece o IX Salão do Livro da Região do Baixo Amazonas.

A doação faz parte da programação da Imprensa Oficial que este ano é uma das patrocinadoras do IX Salão do Livro do Baixo Amazonas, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult) em parceria com a Prefeitura de Santarém. A programação iniciou no último dia 2 e segue até o próximo dia 11 de setembro, com entrada franca.

Segundo a técnica do Livro Solidário, Lucila Girão, a doação para a Unidade de Internação Masculina de Santarém foi sugerida pelo presidente da Fasepa, Simão Pedro Bastos, em reunião com a coordenação do projeto e após uma entrega livros feita a uma das unidades da instituição em Belém. “Como nós já tínhamos programado outra entrega para o projeto Roda Livros, daqui de Santarém, concluímos que também daria para fazer essa doação à Fasepa e ampliar o número de jovens beneficiados pelo Livro Solidário", explica.

A gerente da Unidade, Vanda Lúcia Batista, informou que no local são atendidos 50 adolescentes que cumprem medida de internação e internação provisória. Segundo ela, os livros vão ajudar no desenvolvimento educacional e cognitivo dos internos. “Essa doação é muito bem vinda. Os adolescentes que entram no sistema socioeducativo já chegam com uma defasagem muito grande na escolarização. E a leitura é algo que a gente trabalha muito com eles pra despertar a vontade do aprendizado”, justifica.

A próxima unidade da Fasepa a ser contemplada com doações de livros do projeto Livro Solidário será o Centro de Internação de Jovens e Adultos de Ananindeua. Além dos livros, a Imprensa Oficial vai doar estantes para decorar o espaço de leitura, e tintas que serão usadas em trabalhos de grafitagem para dar um novo visual ao ambiente. “A ideia é que eles mesmos dêem uma nova identidade ao espaço que será utilizado nas atividades de leitura”, explica Lucila Girão.

Fonte: Imprensa Oficial do Estado - IOE
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores