terça-feira, 2 de agosto de 2016

Docway ultrapassa a marca de 100 cidades e não quer parar por aí


A meta é que até o final de 2016 o aplicativo esteja atendendo a todas as capitais do país. 

CURITIBA 02/08/2016 – O aplicativo de medicina humanizada, Docway, vem remando contra a maré da crise econômica que assombra o país. Pioneiro no setor cresce a cada dia. Segundo Fabio Tiepolo, CEO do aplicativo, a ideia surgiu diante do caos que é a saúde brasileira hoje, e isso vale tanto para a saúde pública, quanto para os planos de saúde, que atualmente oferecem serviços demorados, saturados e deixam pacientes horas em uma fila de espera. 
“O Docway foi criado com o objetivo de melhorar o atendimento médico, de humaniza-lo, quando estamos com dor e precisando de atendimento, não queremos ficar horas em uma fila de pronto atendimento, essa facilidade e comodidade que o aplicativo traz ao paciente é o sucesso”, explica Tiepolo. 
Com mais de 25 mil downloads , o aplicativo acaba de receber aporte “séria A” de um dos maiores grupos de investimento do país, o Grupo Garantia. Hoje o aplicativo funciona em quatro capitais: Curitiba, Belo Horizonte, São Paulo e Manaus e em mais 96 cidades do interior. E os planos para o futuro são ainda maiores. “Nossa meta é que até o final desse ano o Docway esteja oferecendo serviços médicos humanizados e de qualidade em todas as capitais do Brasil”, detalha o CEO.
O serviço já tem mais de 1700 médicos cadastrados. Fábio explica que o cadastro está disponível para médicos de todo o Brasil. “Mesmo que o Docway ainda não esteja em funcionamento na cidade, o médico pode entrar em contato com a gente e fazer o cadastro, assim que tivermos demandas ele poderá atende-las”. São diversas especialidades médicas oferecidas pelo aplicativo, entre elas Clínica Geral, Medicina de Família, Pediatria e Cardiologia. 
Além do serviço de atendimento médico a domicilio, o aplicativo ainda oferece opções de vacinação, coleta de exames e atendimento de emergência, o último é identificado pelo botão SAMU. Todos os atendimentos são feitos na hora e local em que a pessoa necessitar. Outra preocupação da empresa é com a sociedade brasileira, por isso, o aplicativo vem desenvolvendo algumas ações que ajudam a população.

Como o incentivo a doação de sangue, o Docway está ajudando Bancos de Sangue a aumentar suas doações graças ao aplicativo. Quando a pessoa faz o cadastro, são coletadas algumas informações, como o tipo sanguíneo, quando o Banco necessita de determinado tipo de sangue, ele entra em contato com a empresa e automaticamente é enviado um alerta a todos os usuários com aquele tipo sanguíneo pedindo a doação. 

Além disso, o Docway tem ajudado no controle epidemiológico de algumas doenças como a Gripe, Dengue e Zyka Vírus. Em todas as consultas realizadas são coletados dados e sintomas, além da região e posteriormente os diagnósticos. Assim, a startup consegue tabular os dados por sintoma, região e realizar possíveis associações com doenças e epidemias. Com esses dados é possível ajudar no controle e no combate das doenças.

O investimento inicial para criação da startup foi de R$ 200 mil reais. Recentemente, o aplicativo recebeu um aporte do Grupo Garantia. Além de estar em todas as capitais do Brasil até o final do ano, o Docway pretender expandir o negócio para o exterior em breve.

Para mais informações sobre o aplicativo, que está disponível para os sistemas iOS e Android, acesse o site www.docway.co.

Fonte: Bruna Bozza - P+G Comunicação Integrada
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores