quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Dow Corning marca 28 anos de presença no Pará


Líder global em silicones, a Dow Corning comemora 28 anos de atuação no Pará nesta quinta-feira (01). Com operações no município de Breu Branco, é a única empresa na Amazônia de silício metálico, principal matéria-prima para a produção de silicone. A companhia também produz sílica ativa, utilizada pelas indústrias de concreto e refratários. Em junho deste ano, A Dow Chemical Company tornou-se proprietária integral do negócio de silicones da Dow Corning.

Arquimedes Pujatti, diretor industrial da Dow Corning, ressalta que ao longo desses 28 anos, a empresa vem buscando implementar diversas ações que objetivam a sustentabilidade do empreendimento, e que trazem o desenvolvimento da região e do Estado, a capacitação de mão de obra, o desenvolvimento de fornecedores locais, a geração de renda e oportunidades para todos que estão ligados à nossa cadeia produtiva. “Trabalhamos também para a construção de uma forte cultura voltada para a segurança dos funcionários, para a proteção do meio ambiente e para o atendimento de todos requisitos legais associados ao nosso empreendimento. Sem dúvida, a empresa deixará um legado para as próximas gerações do Pará”, afirma.

O diretor industrial destaca que o silicone é o que move a vida e o futuro das pessoas. O material tem aplicação versátil, que vai desde produtos cosméticos, como hidratantes e cremes, até produtos eletrônicos, como circuitos impressos nas placas de celulares. O silicone, também, é utilizado na construção civil para aderir vidros às estruturas de alumínio e na indústria automotiva para a vedação de faróis. “Hoje, a Dow Corning oferece mais de 7 mil produtos à base de silicone para mais de 25 mil clientes no mundo”, informa.

A Dow Corning tem contribuído, significativamente, para internalizar riquezas no Pará, comprando produtos e serviços diretos de fornecedores locais. Nos últimos anos, a empresa conquistou por duas vezes consecutivas o segundo lugar na premiação da Redes/Fiepa categoria Percentum. Este ano, foi a grande vencedora da categoria, além de receber o prêmio Case de Desenvolvimento de Fornecedor,que reconhece as mantenedoras que mais investiram nos fornecedores locais.  

Todas essas conquistas são celebradas em conjunto com a Palmyra Recursos Naturais, empresa do grupo, que fornece minério de quartzo, carvão vegetal e cavaco de madeira, matérias-primas que completam o ciclo para produção do silício metálico. “A empresa tem desenvolvido as competências necessárias para ser considerada uma referência na gestão de recursos naturais no Estado do Pará, e trabalhado muito forte para garantir a sustentabilidade do processo produtivo da Dow Corning”, garante Alexandre Forman, gerente de Operações da Palmyra Recursos Naturais.

Os funcionários da empresa também comemoram a data. “A Dow Corning é uma ótima empresa para se trabalhar, pois prioriza a capacitação dos funcionários. Participei de vários cursos e treinamentos de liderança. Sinto-me muito valorizado e sou grato por todas as oportunidades. Eu acredito que tenho muito a crescer na companhia”, declara o supervisor de Almoxarifado José Orlando Lima, que está há 31 anos na empresa, iniciando as atividades junto com o processo de implantação da fábrica na região.

A comunidade de Breu Branco também percebe os avanços com o empreendimento. Há 15 anos, a Dow Corning apoia o projeto Torpedos Mirins, conduzido pela Organização não Governamental União dos Torpedos de Educação Infantil e Juvenil do Pará. “Graças a esse apoio, podemos beneficiar cerca de 100 crianças e adolescentes, com atividades socioeducativas, como cursos de informática, reforço escolar, aulas de dança, capoeira, oficinas de leitura e ações ambientais”, diz Givanildo Ferreira, presidente da ONG.



Fonte: Fabiana Gomes - Analista de Comunicação | Communication Analyst - Temple Comunicação
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores