quarta-feira, 4 de maio de 2016

Protesto fecha BR-163 após morte de jovem na comunidade Tabocal, no PA


Manifestantes bloquearam um trecho da rodovia federal BR-163
 (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal )
Dois sentidos da rodovia BR-163 foram interditados nesta terça-feira (3). Jovem foi esfaqueado ao separar uma briga e morreu no PSM, diz polícia.

Moradores da comunidade Tabocal fecharam nesta terça-feira (3) um trecho da rodovia federal BR-163, na altura do km 22, zona rural de Santarém, no oeste do Pará. O bloqueio, que durou cerca de duas horas e meia, foi em protesto contra a morte de um jovem ocorrida no fim de semana, durante uma confusão. Pelo menos 200 pessoas participam do ato.

Os manifestantes utilizaram pedaços de madeira e atearam fogo em pneus no meio da pista. Eles cobraram ainda mais segurança nas comunidades ao entorno da BR-163 e a implantação de uma base da Polícia Militar para dar suporte aos moradores em virtude da onda de violência, que envolve crimes como morte, roubos, furtos e assaltos relâmpagos em comércios e residências.

Durante o ato, motoristas que precisavam seguir viagem de entrada e saída de Santarém ficaram impedidos de passar. Muitos reclamaram do bloqueio e outros eram a favor do protesto organizado pelos moradores. Caminhoneiros que estavam saindo de Santarém com destino ao município de Sinop, no Mato Grosso, tiveram que improvisar uma cozinha para preparar o almoço à espera da liberação da via.

Congestionamento chegou a quase 2 km na 
BR-163 (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)
Os moradores exigiam providências das autoridades de segurança e a prisão do homem suspeito de ter matado o jovem, que segundo ele, está foragido. A pista foi liberada após quase quinze minutos de negociações entre moradores e a Polícia Militar. Agentes da Policia Rodoviária Federal (PRF) deram apoio para evitar transtornos no trânsito após a liberação da pista. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o fogo dos pneus.

O crime

A vítima, Alacid da Silva Tavares, foi esfaqueada e levada ao Pronto Socorro Municipal (PSM), mas morreu horas depois. De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil, Alacid foi ferido ao separar uma briga na comunidade.

Vítima, Alacid da Silva Tavares
(Foto: Bena Santana/G1)
Ainda segundo polícia, o suspeito do crime fugiu, mas a Polícia Militar conseguiu prender o irmão dele por ter segurado Alacid na hora no esfaqueamento. O caso foi registrado na 16ª Seccional de Polícia Civil.


Fonte:Santarém
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores