sábado, 12 de agosto de 2017

3 Coisas que os Homens Querem que Você Faça na Cama, Mas Nunca Vão Pedir a Você



Os homens se dizem muito conhecedores das nossas preferências na cama –apesar de que, convenhamos, muitas vezes essas não é a verdade. Mas, e nós mulheres? Será que conhecemos os desejos secretos dos nossos parceiros?

Você conhece a velha história: Enquanto nós muitas vezes precisamos nos esforçar para realmente curtir e ter um bom momento no sexo, que vai muito além da penetração, os homens ficam 100% satisfeitos assim que seu pênis entra em uma vagina. Mas será que de vez em quando eles também não querem algo a mais na cama?

Pensando nisso, foi feito um estudo no Canadá em que foram consultadas 6.700 pessoas, entre homens e mulheres, e o resultado alcançado foi que cerca de um terço das mulheres fazia sexo pelo menos duas ou três vezes por semana e, em relação a como se sentiam sobre isso, 71% delas disseram que estavam emocionalmente bem ou satisfeitas com suas vidas sexuais.

Já os homens, no entanto, apesar de estarem na mesma posição que as mulheres em relação à frequência sexual, apenas 51% deles estavam entusiasmados ou satisfeitos com sua vida sexual. Mas o que isso quer dizer?

O especialista em sexualidade norte-americano Daniel Lebowitz, fez algumas considerações em relação ao resultado, revelando algo que é comum para nós mulheres, mas que parece novidade no mundo dos homens: eles têm se sentido inseguros principalmente com a quantidade de filmes pornô mostrando homens sarados e com muita energia, e também com a maior preferência das mulheres ao escolher parceiros com determinados atributos (como um abdômen malhado).

“Eu me sinto mal com meu corpo” é uma frase que o especialista Daniel Lebowitz diz estar escutando cada vez mais dos homens, principalmente nos últimos cinco anos. O especialista comenta que uma combinação da objetivação masculina e a pornografia tem desempenhado um papel negativo nos homens, em que eles começam a sentir que não estão de acordo com o que as mulheres e a sociedade espera deles, e duvidando de suas habilidades na cama.

Segundo o especialista, as mulheres têm feito uma maior pressão em relação à imagem corporal masculina nos últimos anos, e isso tem afetado o mundo masculino. Mas se nós mulheres sempre sofremos com esse tipo de objetivação e inseguranças desde o início dos tempos, não seria a hora dos homens começarem a perceber isso e mudarmos todos as regras desse jogo? Essa é uma questão importante a se levantar.

Mas no que se refere apenas ao problema dos homens, Lebowitz lembra que como nós mulheres estamos acostumadas com esse cenário, conseguimos identificar nossas inseguranças e falar sobre isso mais abertamente, enquanto que os homens se sentem isolados por nunca terem passado por essa situação anteriormente. Parece injusto para nós ter que apoiar nossos parceiros em relação a algo que sofremos o tempo todo, porém, segundo Lebowitz, se queremos uma vida sexual melhor, ambos temos que trabalhar nossos medos e inseguranças.

Lebowitz ainda adiciona que a mistura de papéis nas relações modernas e o mundo mais igualitário em que vivemos pode ser mais justo em diversas áreas, porém, quando se fala de sexo, ainda se acredita que o homem é quem tem a maior responsabilidade durante a relação.

Segundo Lebowitz: “Os homens e as mulheres podem ter as mesmas responsabilidades financeiramente e em relação aos cuidados da casa. Mas, sexualmente, ainda há uma expectativa de que os homens sejam mais responsáveis pelo ato. Muitos caras não sabem como misturar esses papéis e normalmente sentem como se tivessem a obrigação de estar “ligados” o tempo todo na cama, acreditando que eles não podem relaxar ou baixar a guarda”.

Então, o que os homens realmente querem? Conselheiros sexuais dizem que seus clientes masculinos, em sua maioria, desejam que suas parceiras, na ocasião, façam as três coisas listadas abaixo de vez em quando – e garantem que por mais que essa responsabilidade seja passada para nós, o esforço vale a pena pela satisfação sexual de ambos. Mas aí, é você quem decide.

1. Iniciar o sexo
Você não precisa pular em cima dele assim que ele entrar em casa, mas, ocasionalmente, faça coisas como colocar a mão na coxa dele enquanto vocês estiverem assistindo à TV ou ainda faça o primeiro movimento mostrando o que você quer quando vocês estão indo se deitar. Apostar nesse tipo de gesto nivela o campo do jogo sexual e tira parte da pressão masculina, diz Lebowitz. Afinal, quem não gosta de sentir desejado?

2. Usar roupas mais sexy (ou que ele goste)

Se as coisas na cama estão muito mornas ultimamente, talvez aguçar os sentidos possa melhorar bastante o cenário. A visão é um dos sentidos que mais aguça os homens, e isso quer dizer que colocar aquela roupa sexy em jogo – mesmo que seja um shortinho ou uma saia que você possa usar em casa no dia-a-dia – pode realmente mudar as coisas para melhor.

Fora o que você pode mudar no dia-a-dia, você também pode uma vez ou outra investir em uma lingerie diferente se isso faz você se sentir bonita e mais desejada também, e com esse passo, além de aguçar a visão dele, você basicamente inicia o sexo mostrando que você está pronta, esperando por ele.

Os sexólogos e demais especialistas concordam que apostar em uma roupa especial de vez em quando mostra que você ainda quer impressioná-lo – o que o tranquiliza e o faz sentir mais masculino (e mais disposto sexualmente).

3. Dizer o que você gosta
Aqui está um paradoxo: quanto mais você se sente bem em um relacionamento e quanto mais duradouro ele se torna, mais difícil é falar sobre sexo, diz Lebowitz. Isso pode ser explicado pelo fato de que as apostas e expectativas são mais altas quando você realmente desenvolve algo especial com outra pessoa.

Você não quer machucar os sentimentos do outro ou fazê-lo se sentir insuficiente, e por isso pode ser mais difícil falar. Porém, para não deixar que isso aconteça é preciso fazer o contrário, e realmente dizer o que você gosta, e assim ele poderá se sentir muito mais confiante para dar a você o que você quer.

Por fim, muitas vezes nos deparamos com o fato de que os homens, na verdade, são mais sensíveis do que nós e que precisam de muito mais atenção do que nós costumamos demandar, e esse é mais um dos casos. Se você tem sentido que seu parceiro está precisando de algo a mais na cama, que se sente insatisfeito, ou pressionado, talvez essas três coisas que listamos aqui sejam o que ele precisa para voltar à ativa.


Fonte: Irresistível, André Oliveira, bombando na web, como ser boa de cama, impressionar um homem

Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores