quinta-feira, 5 de maio de 2016

Presidente da Alepa empossa nova diretoria da Academia Paraense de Letras


O presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Márcio Miranda (Dem), apresentou na manhã desta quarta-feira (04/05) dois requerimentos solicitando votos de aplausos e congratulações à Academia Paraense de Letras (APL) e Instituto Histórico e Geográfico do Pará (IHGP) em comemoração aos 116 anos das duas instituições.

A APL foi fundada em uma sessão presidida pelo Governador Paes de Carvalho e por Domingos Antônio Raiol, o Barão do Guajará, no Teatro da Paz em 3 de maio de 1900. Na mesma sessão também foi fundado o IHGP, mas a ata da reunião é desconhecida, há apenas o registro histórico de jornais da época.

Com a reforma dos estatutos e a filiação à Federação das Academias de Letras do Brasil em 1940, a APL ganhou novos ares. A instituição só teve sede própria em meados de 1976, quando o governador Aloysio Chaves fez a doação do prédio na Rua João Diogo, 235, na capital paraense.

A APL tem como objetivo principal concorrer para o desenvolvimento cultural do Pará nos setores artístico e científico e atualmente promove concursos literários, mantém uma biblioteca cujo acervo é constituído de livros doados por antigos acadêmicos, como Bruno de Menezes, Jacques Flores e Oswaldo Viana.

Atualmente, o IHGP mantém uma biblioteca que conta com mais de 50 mil títulos, dos quais grande parte era da coleção original do próprio Barão de Guajará. Dentre tantos documentos locais, nacionais e internacionais, há mais de mil fotos históricas do século XIX e um material dado como perdido: atas e correspondências das sessões da Câmara Municipal de Belém. Com todo esse acervo a instituição está no mesmo patamar do Arquivo Público do Pará (APEP).

O instituto está localizado na Rua Dona Tomázia Perdigão, 62, Bairro Cidade Velha. O objetivo do IHGP é promover e desenvolver conhecimento de história, geografia e ciências afins no que se refere ao Brasil e principalmente à Amazônia.

O requerimento estende os votos de aplausos e congratulações ao presidente da APL, Dr. Alcir Meira e todos os associados da referida Academia e também à Anaiza Vergolino, presidente do IHGP e associados. 

POSSE - O presidente do Legislativo paraense também empossou a nova diretoria da Academia Paraense de Letras (APL). Alcyr Meira foi eleito para o biênio 2016/2018.

"A história da APL se equivale à história do Parlamento do Pará. Lá (no parlamento) nós fazemos muito a história da razão, do debate. Aqui (na APL) se faz história com o coração, com amor", ponderou Marcio Miranda. Ainda segundo o parlamentar, "é um momento importante, ter uma pessoa como o dr. Alcyr no auge da idade, da experiência, de uma longa trajetória de vida vitoriosa, que se doa. E que Deus conserve ele com toda essa energia para que possa passar toda essa experiência para as futuras gerações", concluiu o parlamentar. 

Fonte: AID
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores