quinta-feira, 5 de maio de 2016

Fechamento do Pedro Ernesto representaria um retrocesso na saúde do estado do Rio, analisa professor da Mackenzie Rio


   
 
Fechamento do Pedro Ernesto representaria um retrocesso na saúde do estado do Rio, analisa professor da Mackenzie Rio
 
Um dos hospitais universitários mais importantes do estado do Rio, o Pedro Ernesto, corre o risco de fechar as portas definitivamente. Segundo a direção da unidade, é necessária uma verba de mais de R$ 7 milhões para pagar as empresas terceirizadas que não foi repassada pelo Governo do Estado. Segundo o professor de administração da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Rio, Alessandro Paiva, podemos considerar esse o momento mais crítico da saúde do estado.
            “A crise do governo do Rio atingiu um dos principais hospitais universitários do estado, mas não é de hoje. Em outubro de 2015, o hospital suspendeu cirurgias e internações depois que a Secretaria de Fazenda parou de pagar os contratos, paralisando os serviços de limpeza, alimentação, lavanderia e segurança. Já em março deste ano, professores, alunos e diversos artistas assinaram um abaixo-assinado pedindo que o governador não deixasse o hospital morrer. Se os terceirizados pararem de trabalhar será inviável manter o hospital aberto. Pela sua importância não só para a saúde, mas para a educação já que ajuda a formar grande parte dos profissionais de saúde que chega ao mercado, o fechamento do hospital seria um retrocesso na saúde do estado”, afirma ele.
A unidade é vinculada à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e está localizada no bairro de Vila Isabel. Desde o início do ano, vem trabalhando com a capacidade reduzida. Há possibilidade de os doentes serem transferidos para outros hospitais, se a verba não for repassada pelo governo.
 
Sobre o Mackenzie
A Universidade Presbiteriana Mackenzie está entre as 100 melhores instituições de ensino da América Latina, segunda a pesquisa QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação.
 
Informações para a imprensa:
Universidade Presbiteriana Mackenzie; imprensa@mackenzie.br
Assessoria de imprensa: Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação
William Lara; william.lara@viveiros.com.br; 11 2114-8576
Jéssica Almassi; jessica.almassi@viveiros.com.br; 11 2114-8016
William Prado; william.prado@viveiros.com.br; 11 2766-7254
Beatriz França; beatriz.massi@viveiros.com.br; 11 2766-7048
Lucas Berti; lucas.berti@viveiros.com.br; 11 2766-7048
Celular de plantão: 11 9.8169-9912
Twitter: @RVComunicacao
Site: viveiros.com.br                    
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores