Breaking News

Pesquisa avalia performance de atletas no Campeonato Nacional de Badminton

Professora da Unioeste está coletando dados para analisar desempenho dos jogadores durante as partidas. 

A I Etapa do Campeonato Nacional de Badminton, que acontece em Toledo, no oeste do Paraná, não serve apenas para revelar talentos. A competição, patrocinada pela Itaipu Binacional, também abre espaço para pesquisa, afinal, existe uma grande concentração de jogadores em um único espaço. Foi pensando nisso que a professora e doutoranda, Lilian Barazetti, se instalou no Ginásio de Esportes Alcides Pan, acompanhada de estudantes de graduação e mestrado nas áreas de odontologia, fisioterapia e educação física, para coletar dados dos competidores.

“Estamos fazendo uma varredura de como o organismo dos atletas reage durante as disputas. Para isso, coletamos sangue, saliva, aplicamos o método de recuperação chamado de ledterapia, monitoramos o desempenho dos atletas com uma cardiofrequencímetro, fazendo um teste de salto para verificar a potência dos membros inferiores e realizamos a dinamometria que mede a força da mão”, explica Barazetti.

A pesquisa faz parte da tese de doutorado da professora, que estuda na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). O objetivo é mensurar os resultados e otimizar a recuperação dos atletas. “Temos uma linha muito tênue entre o sucesso esportivo e o sobretreinamento, conhecido como overtraining. Com os resultados da pesquisa vamos conseguir identificar em qual situação os atletas se encontram e trabalhar o alto rendimento deles”, explica a professora.

Para os atletas, estudos como esse aprimoram os treinamentos e consequentemente encurtam o caminho para o sucesso. “Os resultados mostram quais são nossas deficiências e podemos treinar com mais exatidão para chegar a resultados mais satisfatórios. Isso nos motiva a treinar cada vez melhor e nos incentiva nas competições”, comenta o atleta de Toledo, da categoria adulto, Eduardo Vaz.

Segundo a professora Lilian esse estudo é uma forma de devolver para os atletas todo o conhecimento conquistado na carreira acadêmica e como treinadora de atletas de alta performance. “Me formei em educação física e percebi que ainda faltava pesquisas de ponta nessa área. Por isso decidi aplicar o meu conhecimento para realizar esse trabalho e proporcionar a melhora da modalidade”, conclui Barazetti.

A competição

A I Etapa do Campeonato Nacional de Badminton segue até domingo (25), no Ginásio de Esportes Alcides Pan, em Toledo. No total, são 332 atletas vindos de 17 estados brasileiros, competindo nas categorias Sub11, Sub13, Sub15, Sub17, Sub19 e adulto.

Patrocinadores

A I Etapa do Campeonato Nacional de Badminton conta com o patrocínio da Itaipu Binacional e tem o apoio da Empol Embalagens, Nossa Farma, Bompel, Sportland, FM Pneus e Academia ERA Sadia. Além disso, a competição tem a parceria da Associação dos Amigos de Badminton de Toledo (AABT) e do Projeto Ação Social São Vicente de Paulo (ASSVP).


Fonte: Agência Casa de Notícias
Postar um comentário

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho