segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Sépha Perfumaria recebe Prêmio Ebit Melhores do E-commerce 2016 na categoria “Loja Ouro”



Parceira da NeoAssist, empresa é reconhecida pelo excelente atendimento ao cliente desenvolvido tanto na pré-venda como na pós-venda.

A Ebit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico, anunciou na noite de quinta-feira (16), os vencedores do “Prêmio Ebit Melhores do E-commerce 2016”, premiação que reconhece lojas online que se destacaram no mercado ao longo do ano. Pela segunda vez, a Sépha Perfumaria, segunda maior loja online de cosméticos e perfumes importados da América Latina, foi a vencedora da categoria “Melhor Loja Ouro”.  

“Posso dizer que é uma honra vencer esse prêmio definido por meio de votação popular. Isso demonstra que estamos mantendo e sendo reconhecidos pela qualidade do nosso trabalho. E, mais do que isso, estamos construindo uma boa marca junto aos consumidores, baseada em transparência, cuidado e agilidade, bem como a entrega de excelentes produtos com qualidade comprovada e procedência garantida”, conta Ricardo Cabianca, diretor de E-commerce da Sépha Perfumaria. 

Parceira da NeoAssist, empresa especializada em soluções para o atendimento ao consumidor, a Sépha é reconhecida pelo público pelo excelente atendimento desenvolvido tanto na pré-venda como na pós-venda. Albert Deweik, CEO da NeoAssist, frisa a importância de se estabelecer uma parceria de sucesso. “Caminhamos lado a lado buscando oferecer um atendimento de qualidade ao consumidor. Fico grato com o reconhecimento recebido pela Sépha e por saber que todos os nossos esforços estão sendo reconhecidos”.  

O Prêmio Ebit Melhores do E-commerce é a premiação mais tradicional do segmento. Com iniciativa da Ebit, ele mantém o propósito de reconhecer lojas online, executivos e plataformas de e-commerce, que se destacaram em todo o mercado ao longo do ano. A premiação é feita por avaliação técnica e por votação popular na categoria "Lojas Mais Queridas".

Fonte: Carolina Algaves Perez(NeoAssist)
Reações:

0 comentários:

Lava jata do gaúcho

Lava jata do gaúcho

Marcadores